Laboratório Criativo nasce para dar nova vida a Alcobaça

É um café? Um espaço de “cowork”? Uma sala de estar transformada numa sala de concertos e exposições com roupa à venda pendurada em andaimes? Não. Este é o Laboratório Criativo, que dá pelo nome de Ossos do Ofício. O espaço abriu, no dia 16, em Alcobaça e promete ser o novo ponto de encontro de uma geração de alcobacenses que quer “voltar a dar vida à zona histórica da cidade” através do movimento “Alcobaça Downtown”. Mas, voltemos ao início.

Os alcobacenses Sandra Caduff Menzli e Luís Cunha abriram uma loja “diferente” dedicada ao surf em Peniche há sete anos e no ano passado replicaram o conceito numa loja em Matosinhos. Mas, sempre que o casal voltava a Alcobaça, a conversa era a mesma. “Não temos grandes alternativas se quisermos beber um café ou um copo para estar com os amigos”, recorda Sandra Caduff Menzli, que, ao ver o pavilhão vazio, ao lado do também recente ginásio New Ground Fitness, do amigo João Gonçalo, que lançou a proposta ao casal, imaginou tudo o que acabou por vir a acontecer.

Na Rua da Fonte Nova, no armazém de 240 metros quadrados onde funcionou durante muitos anos um armazém de material de construção acabou por “nascer” uma “oficina” de criatividade. “Se este espaço já teve tanta vida, por que não ressuscitá-lo?”, pensou a psicóloga de formação. O casal, com a ajuda de amigos e familiares, depressa meteu mãos à obra e o resultado está agora à vista.

“Não podíamos abrir só um café. Abrir só um cowork também não era solução. Mas sabemos que Alcobaça é uma cidade de música, de criatividade e de gente talentosa e juntámos isso tudo num só espaço. É uma espécie de três em um”, resume a criativa.

No café há... café de Alcobaça, chá, bolos, vinhos e produtos locais. No espaço de cowork há seis secretárias, que podem ser alugadas ao dia, à semana ou ao mês. No restante espaço, a que podemos chamar sala de estar, há espaço para tudo: bicicletas, skates, malas, roupa, calçado, cadernos de papel reciclado, sofás, candeeiros... “Queremos que esta seja a extensão da casa das pessoas que aqui venham”, sublinha. Estão já programadas diversas exposições e concertos, dando a conhecer ao público talentos de Alcobaça e da região.

Todavia, a missão do espaço “Ossos do Ofício” é mais profunda. “Temos de fazer alguma coisa por Alcobaça. Há muita gente da nossa geração que está a voltar e desejamos que esta zona se revitalize e volte a colocar Alcobaça no mapa”, confessa aquela promotora de um negócio que faz jus ao estatuto de economia circular.