Pastelaria Juncalense dá nas vistas com biscoitos do Juncal

Falar da Pastelaria Juncalense é falar dos biscoitos do Juncal, um dos doces mais tradicionais do concelho de Porto de Mós. O estabelecimento comercial está aberto há 23 anos, mas a proprietária já se dedica à produção destes biscoitos há 45 anos, o que pode bem explicar o sucesso desta “Casa com História”. 

“É difícil precisar o tempo que esta receita tem, mas pode ter mais de 500 anos”, assegura a proprietária do estabelecimento. “A receita veio da casa de uma família do Juncal” onde a tia da proprietária trabalhava, “mas já vinha de outras gerações antigas”, garante Lurdes Fidalgo. 

Os “Biscoitos do Juncal”, em forma de argola ou de “esses”, conservam a tradição do bolo seco, assente no segredo da “receita ancestral” que conjuga “produtos endógenos” simples, naturais e tradicionais, sem corantes e conservantes, numa seleção de ingredientes como a farinha, os ovos, o açúcar e o limão, que dá a estes biscoitos o sabor que tão bem os caracteriza. Estes biscoitos ganharam ainda mais fama quando há cerca de um ano entraram na corrida para as 7 Maravilhas de Portugal. 

Depois de ter na sua posse a receita destes famosos biscoitos, Lurdes Fidalgo começou a confecioná-los na sua cozinha e a vendê-los para fora. A procura foi tanta que decidiu abrir um estabelecimento comercial, uma vez que já não conseguia dar conta do recado a partir de casa. Hoje em dia, chegam clientes de todo o lado à procura destes biscoitos, sendo o produto, como seria de esperar, mais vendido. Mas, com o passar do tempo e conforme as necessidades dos clientes, a pastelaria foi aumentando e adaptando a sua oferta. 

Além dos tradicionais produtos de pastelaria e dos bolos de aniversário, casamentos e batizados, feitos por encomenda, o estabelecimento comercial tem ao dispor dos clientes um vasto menu de refeições. 

Pratos típicos da cozinha portuguesa, sopas, hambúrgueres, cachorros-quentes e francesinhas são algumas das opções que os clientes podem encontrar nesta pastelaria do Juncal. “A nossa francesinha é uma especialidade da casa e tem uma receita única trazida do Porto”, assegura Lurdes Fidalgo. “Tudo o que é confecionado aqui tem fabrico próprio”, acrescenta.

Sem mãos a medir, principalmente nos pequenos-almoços e nos lanches, a proprietária da Pastelaria Juncalense conta com a ajuda das duas filhas na gestão do negócio e nas tarefas diárias e ainda com o trabalho de duas funcionárias.