Câmara de Alcobaça avança com 6,5 milhões de euros para 1.ª fase da ALEB

A Câmara de Alcobaça precisa de 6,5 milhões de euros para avançar com a 1.ª fase da construção da Área de Localização Empresarial da Benedita (ALEB), revelou Paulo Inácio. 

O autarca do PSD explicou na última reunião de Câmara que em breve “vai abrir um aviso para fundos comunitários para duas zonas ardidas” nos incêndios de 2017 e que “no início do ano que vem a nossa [candidatura para a Benedita] estará confirmada”.

O vereador Carlos Bonifácio (CDS-PP) pediu, na sessão pública do executivo, que a Câmara “dê um sinal inequívoco de que quer construir a ALEB, senão as pessoas começam a duvidar da vontade dos políticos em fazer aquele projeto”.

O estudo de impacte ambiental da ALEB pode ser consultado aqui.