Terça-feira, Julho 5, 2022
Terça-feira, Julho 5, 2022

Alunos e professores da Frei Estêvão Martins de Alcobaça dão vida à Freituna

Data:

Partilhar artigo:

São 20 os alunos e quatro as professoras da Escola Frei Estêvão Martins, em Alcobaça, que dão vida à Freituna. 

São 20 os alunos e quatro as professoras da Escola Frei Estêvão Martins, em Alcobaça, que dão vida à Freituna. O que muitos não sabem é que este projeto é igualmente destinado à restante comunidade educativa. Encarregados de educação, funcionários e outros interessados podem juntar-se a esta iniciativa do Agrupamento de Escolas de Cister e aprender a explorar e a desenvolver técnicas vocais e instrumentais, tendo a oportunidade de participar em atuações realizadas na escola ou, até mesmo, no exterior. “Este projeto tem como principal finalidade divulgar a música popular e tradicional portuguesa, assim como a promoção de instrumentos tradicionais portugueses”, referiu Margarida Pires, professora da Escola Frei Estêvão Martins e uma das docentes responsáveis por este projeto extra-curricular.
Guitarras, cavaquinhos, viola baixo, bombo, ferrinhos e pinhas são os instrumentos tradicionais portugueses tocados pela Freituna, que se reúne semanalmente na sala de música para ensaiar.
A tuna tem atuado em diferentes datas festivas e projetos educativos. Este ano, a convite do Real Abadia Hotel, o grupo participou no evento “Canto das janeiras”. Os alunos tiveram, ainda, uma participação na sessão “Os Cordofones na Música Tradicional Portuguesa”, integrada no “Agrupa 14”. 
“Este tipo de iniciativa é uma mais-valia para os alunos, pois é uma forma de adquirem bons hábitos, o que se comprova nos resultados das outras disciplinas”, salientou a docente adiantando que tem sentido “bastante adesão” por parte dos alunos.
O projeto da Freituna teve início no ano letivo de 2011/2012 e tem asas para voar cada vez mais alto. “Futuramente pretendemos alargar a execução a outros instrumentos tradicionais e participar em atividades fora da escola realizando um intercâmbio com outros grupos similares”, referiu Margarida Pires.

 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Duas empresas de Alcobaça distinguidas como “Gazela 2021”

A construtora A.B. Inácio, LDA, sediada na Benedita, e a fabricante HC - Caixilharia LDA, localizada na Cela...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!