Terça-feira, Junho 18, 2024
Terça-feira, Junho 18, 2024

Comemorações dos forais manuelinos prosseguem em Alcobaça

Data:

Partilhar artigo:

Depois da Maiorga, chegou o momento de comemorar os restantes forais manuelinos do concelho de Alcobaça. A cerimónia decorre esta quarta-feira, a partir das 14 horas, no Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça.

Depois da Maiorga, chegou o momento de comemorar os restantes forais manuelinos do concelho de Alcobaça. A cerimónia decorre esta quarta-feira, a partir das 14 horas, no Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça.

Os Forais Manuelinos afirmaram e reforçaram o exercício dos direitos autárquicos de Alcobaça, Alfeizerão, Aljubarrota, Alpedriz, Cela, Coz, Évora de Alcobaça, Maiorga, Paredes da Vitória, São Martinho do Porto e Turquel. Todos os forais datam de 1 de outubro de 1514, exceto o de Alpedriz, que foi assinado a 20 de março de 1515. 

Região de Cister - Assine já!

Às 14 horas, o professor Saúl Gomes vai proferir uma comunicação sobre os Forais Manuelinos. Uma hora depois, haverá, pelo Agrupamento de Escolas de Cister, a representação de uma peça de teatro alusiva ao Foral de Alcobaça. A mesa-redonda, subordinada ao tema ‘Do forais ao poder local’, com a presença dos professores Saúl Gomes e Maria Calado (vice-presidente do Centro Nacional de Cultura), está agendada para as 16 horas. Há ainda a acrescentar o momento musical, às 17 horas, e a ginja de honra, às 17:30.

 

AD Footer

Artigos Relacionados

Futsal: Dupla da Benedita conquista inédito tetracampeonato nacional

Os técnicos Nuno Dias e Paulo Luís, o primeiro residente na Benedita e o segundo natural da freguesia,...

GNR apreende 334 artigos contrafeitos em São Martinho do Porto

O Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana (GNR) de São Martinho do Porto apreendeu, esta quinta-feira, em São...

Reportagem do REGIÃO DE CISTER ganha prémio nacional

A reportagem “Tornaram-se autênticos heróis na arte de cuidar dos (seus) heróis”, da autoria do jornalista Rafael Raimundo,...

Menopausa

A negligência na nossa vida reprodutiva, que já agora, só é valorizada quando podemos ter filhos, é uma...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!