Sexta-feira, Março 1, 2024
Sexta-feira, Março 1, 2024

Empresária ofereceu casa e trabalho a sem-abrigo de Lisboa

Data:

Partilhar artigo:

A empresária Carla Moreira não ficou indiferente à reportagem ‘Um lar debaixo da ponte’, emitida no passado domingo pela TVI, e decidiu oferecer aos dois sem-abrigo um teto e trabalho na sua empresa, em Aljubarrota.


A empresária Carla Moreira não ficou indiferente à reportagem ‘Um lar debaixo da ponte’, emitida no passado domingo pela TVI, e decidiu oferecer aos dois sem-abrigo um teto e trabalho na sua empresa, em Aljubarrota.

“Não posso viver em paz sabendo que posso ajudar e nada fiz. Não me permite dormir tranquilamente e ser gente de verdade, sabendo que a mim nada me falta e estes dois seres humanos iguais a mim, nada têm”, escreveu Carla Moreira, na página de Facebook da TVI24. Um desabafo que já mereceu mais de mil gostos e centenas de comentários. “Proponho ajudar com trabalho, arranjo sítio para ficarem até encontrar uma casinha próxima da minha empresa. Não lhes faltará comida, nem sítio digno para ficar nem trabalho e ordenado, enquanto eu tiver”, acrescentou a CEO da Arfai&IGM.

Região de Cister - Assine Já!

“Se cada empresa tomar uma ação destas, não existirão mais casos destes em Portugal. Não desejo nenhuma forma de publicidade ou promoção, só desejo ajudar o meu semelhante, porque sou gente como esta, exatamente igual, com mais sorte na vida”, salienta Carla Moreira, que aguardava um contacto da TVI.

Já depois do fecho da edição de 19 de março, a empresária teve conhecimento que os dois sem-abrigo aceitaram uma oferta de casa e trabalho, na zona de Oeiras. “O meu único objetivo era o de devolver um pouco de dignidade a duas pessoas iguais a mim, com menos sorte na vida, através da oferta de trabalho e de um teto para dormir. Foi de coração, quem me conhece, sabe que não é nada estranho que o faça, é recorrente e se estiver ao meu alcance, faço e sinto-me feliz por isso, é a minha forma de estar no mundo. Não esperei, de forma nenhuma, que um comentário fosse alvo de 1200 likes, 200 comentários, pedidos de entrevistas, 100 pedidos de amizade e atenção por parte da comunicação social, ingenuidade a minha”, escreveu Carla Moreira, agradecendo “a amizade” e “as palavras de carinho” que recebeu.

AD Footer

Artigos Relacionados

“El Corte Inglés” de Turquel é um (Agro)êxito da freguesia

Quem entra no estabelecimento comercial Agro-Êxito, na Rua das Eiras, certamente não sai insatisfeito. Porque mesmo que não...

Suinicultura e pedra assumem importância na economia local

A economia de Turquel é caracterizada por setores de diversas áreas de atividade e pela resiliência dos seus...

Sociedade Filarmónica dá música há 110 anos

Há instituições que merecem ser evidenciadas não só pela qualidade, mas também pela longevidade. É o caso da...

União Desportiva de Turquel cada vez mais forte e com sucesso na forja

Fundada a 30 de junho de 1982, a União Desportiva de Turquel (UDT) vive um período próspero. As...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!