Sexta-feira, Junho 14, 2024
Sexta-feira, Junho 14, 2024

Subestação de Alcobaça da EDP inaugurada

Data:

Partilhar artigo:

Foi inaugurada, esta terça-feira, a subestação de Alcobaça da EDP, um investimento de 3,6 milhões de euros que visa reforçar a qualidade de serviço no concelho, nomeadamente nas localidades de Maiorga, Cela, Fervença, Turquel e S. Jorge.

Foi inaugurada, esta terça-feira, a subestação de Alcobaça da EDP, um investimento de 3,6 milhões de euros que visa reforçar a qualidade de serviço no concelho, nomeadamente nas localidades de Maiorga, Cela, Fervença, Turquel e S. Jorge.

João Torres, presidente do Conselho de Administração da EDP Distribuição, assegurou que o serviço “vai melhorar substancialmente”, sobretudo na cidade, realçando o facto de a subestação ser “uma obra de engenharia de grande qualidade”, por ter reduzido impacto visual, e por utilizar “equipamento de ponta”. 

Região de Cister - Assine Já!

O presidente da Câmara de Alcobaça considerou que a subestação vem “ajudar a resolver um problema histórico” numa cidade muito afetada por falhas de serviço de energia, o que cria constrangimentos à população e às empresas. Paulo Inácio anunciou, ainda, a vontade de ter a EDP Distribuição como parceiro no projeto da CIM Oeste para que “grande parte da iluminação pública” nos 12 municípios do Oeste seja feita através de LED.

A nova subestação de Alcobaça da EDP, cuja obra teve início em agosto de 2014, tem uma capacidade instalada instalada de 31,5 MVA. Foram também construídos cerca de 7 km de rede de alta tensão e 1 km de rede de média tensão, permitindo a interligação à rede já existente.  

A obra causou algum sobressalto junto da população em Pataeira. O morador Amadeu Leal esteve presente na inauguração e agradeceu “os esclarecimentos” dados pelos técnicos da EDP Distribuição, reconhecendo que as preocupações que sentem “diminuíram um pouco”.

Segundo a EDP Distribuição, a infraestrutura “incorpora soluções tecnológicas de última geração e está equipada com o mais moderno sistema de proteção, comando e controlo”. A entrada em serviço “tem um significativo impacto no reforço da qualidade de serviço técnico da zona, garantindo uma maior disponibilidade de potência para satisfazer novos pontos de consumo e uma maior robustez à rede elétrica de distribuição”.

AD Footer

Artigos Relacionados

GNR apreende 334 artigos contrafeitos em São Martinho do Porto

O Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana (GNR) de São Martinho do Porto apreendeu, esta quinta-feira, em São...

Reportagem do REGIÃO DE CISTER ganha prémio nacional

A reportagem “Tornaram-se autênticos heróis na arte de cuidar dos (seus) heróis”, da autoria do jornalista Rafael Raimundo,...

Menopausa

A negligência na nossa vida reprodutiva, que já agora, só é valorizada quando podemos ter filhos, é uma...

Nazareno Miguel Vieira é bicampeão nacional pelo Benfica

O Benfica sagrou-se bicampeão nacional de sub-15, no passado domingo, depois de vencer o Marítimo (2-1) e assegurar...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!