Terça-feira, Novembro 29, 2022
Terça-feira, Novembro 29, 2022

Inartebaça quer pôr população a debater arte

Data:

Partilhar artigo:

“O acesso à arte promove a paz mundial”. É com este ensinamento de Herbert Read em mente que Patrícia Almeida preside a Inartebaça, uma associação cultural sediada em Pataias e que pretende promover a inclusão e a construção social através da arte.

“O acesso à arte promove a paz mundial”. É com este ensinamento de Herbert Read em mente que Patrícia Almeida preside a Inartebaça, uma associação cultural sediada em Pataias e que pretende promover a inclusão e a construção social através da arte.

O objetivo da associação passa por levar a arte a todas as pessoas, independentemente do estrato social ou das condições económicas. Por isso, a Inartebaça apresenta-se como um “compromisso para com a comunidade”, revela Patrícia Almeida, explicando que o propósito da associação passa pelo esbatimento “das diferenças entre pessoas através da arte” e da utilização da arte como ferramenta de inclusão social. 

Região de Cister - Assine Já!

Esse trabalho não é só feito através da produção de arte mas também como apreciação. É nesse sentido que a arte pode promover a paz porque, como defende a presidente da associação, “apesar de a arte ser individual, ajuda a criar ‘pontes’ e tolerância para com os outros”. No fundo, o que Patrícia Almeida quer vincar é que a arte deve ser falada com todos e por todos, “sem medos e sem barreiras” .

Patrícia Almeida acredita que 2016 será o ano de afirmação da Inartebaça. A associação apresentou um projeto cultural, que conta com a comparticipação financeira do município para o desenvolvimento de vários eventos. Uma das ideias da associação passa pela “criação de públicos”. “Hoje em dia tem-se mais acesso à arte mas cada vez menos se conversa sobre arte”, defende Patrícia Almeida.

A associação pataiense já levou alguns dos seus artistas a expôr fora do concelho e até em alguns sítios inesperados. É o caso da exposição “Deep Waters” do artista plástico Luís Gonçalves que continua exposta no Hotel Chiado, em Lisboa, até ao final do ano. Os associados da Inartebaça também já expuseram no Campus da Justiça, em Lisboa, e no Óbidos Lagoon Wellness Retreat, uma unidade hoteleira em Óbidos.

Pode visitar o “quartel-general” da Inartebaça, na casa do pessoal da CIBRA, em Pataias-Gare. Ainda assim, ao contrário da sede, a associação não pretende ter “paredes físicas” que limitem a partilha de convivências com a arte.

AD Footer

Artigos Relacionados

Hélder Roque assume direção clínica das clínicas do Grupo H Saúde

Hélder Roque é o novo diretor clínico da Clínica das Olhalvas- Leiria, da Policlínica Central da Benedita e...

Orquestra Típica e Coral de Alcobaça voltou aos palcos três anos depois

Depois de cerca de três anos com a atividade suspensa, a Orquestra Típica e Coral de Alcobaça voltou...

Degustação de vinhos e sabores locais apreciada por 1 milhar de pessoas no Vimeiro

A “I Degustação de vinhos e sabores da terra”, evento promovido pelo Círculo de Arte, Cultura e Desporto...

Ana Pagará reconduzida como diretora do Mosteiro de Alcobaça

Ana Pagará foi reconduzida no cargo de diretora do Mosteiro de Alcobaça, para uma comissão de serviço de...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!