Terça-feira, Agosto 16, 2022
Terça-feira, Agosto 16, 2022

Futebol: Ginásio domina onze ideal de 2015

Data:

Partilhar artigo:

O 11 ideal composto por jogadores que, no ano de 2015, representaram os clubes dos concelhos de Alcobaça e Nazaré é dominado, sem surpresa, pelo Ginásio. 

O 11 ideal composto por jogadores que, no ano de 2015, representaram os clubes dos concelhos de Alcobaça e Nazaré é dominado, sem surpresa, pelo Ginásio. 

O resultado da consulta efetuada pelo REGIÃO DE CISTER aos treinadores de Ginásio, Nazarenos, Beneditense e Pataiense é claro: os azuis elegem sete elementos para a equipa-tipo, embora apenas quatro – os defesas Serginho e Farruba e os médios Miguel Pinheiro e Bruno Daniel – tenham transitado no conjunto de Filipe Faria para a temporada 2015/16.

O Ginásio ficou à beira de conquistar títulos na época passada, terminando o campeonato da Divisão de Honra distrital no 2.º lugar e perdendo a final da Taça Distrito de Leiria para o Peniche, mas houve diversos jogadores que se destacaram, tendo um papel muito preponderante na manobra da equipa. 

Foi o caso do avançado Danny Esteves, que marcou 22 golos entre janeiro e maio e acabou por transferir-se para o Águias de Moradal, do Campeonato de Portugal, competição na qual, sem surpresa, não tem sido capaz de manter a mesma “pontaria” dado a diferença competitiva. 

Também o central João Luís deu nas vistas na época passada, tendo mudado de ares em setembro, assinando pelo Marinhense, clube que ainda albergou o extremo Cristiano Baixinho, grande figura do Nazarenos em 2014/15 e que é um dos seis “sobreviventes” do onze-ideal de 2014. 

Os outros cinco jogadores que continuaram a merecer a preferência da votação da “equipa técnica” composta por Filipe Faria (Ginásio), Leandro Santos (Beneditense), Francisco Mota (Nazarenos) e Orlando Fernandes (Pataiense e Nazarenos) são o guardião Diogo Soares (Beneditense), o central João Luís, o lateral Serginho, o médio Hugo Meca, que trocou o Nazarenos pelo rival Ginásio em 2015/16, e o médio Miguel Pinheiro (Ginásio). 

Apenas dois jogadores mereceram a unanimidade dos quatro técnicos: Miguel Pinheiro e o avançado Dário Marquês (Beneditense), o qual marcou 10 golos na Divisão de Honra entre janeiro e dezembro do ano que está prestes a findar, depois de uma época de 2013/14 em que foi pouco utilizado na U. Leiria e no Alcanenense.

O meio-campo desta equipa-tipo é o único setor totalmente composto por jogadores da mesma equipa, sendo certo que Hugo Meca apenas se mudou para o Ginásio na nova temporada. Bruno Daniel é outra das “caras novas” do 11 ideal dos emblemas da região.

Outra das novidades é o lateral Piri (Nazarenos), que, após uma época em que representou o Alfeizerense, regressou a casa em 2013/14 e tem vindo a assinar boas exibições, ao ponto de ter sido chamado aos trabalhos da Seleção da AF Leiria.

No futebol, como em qualquer modalidade, ter os melhores jogadores pode não ser suficiente para vencer, mas ajuda. E qualquer equipa que contasse com este 11, certamente teria fortes possibilidades de conquistar o título.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Capotamento de veículo provoca um ferido em Alfeizerão

O capotamento de um veículo ligeiro de passageiros, ocorrido na manhã desta terça-feira, na curva junto à Pousada...

Tradição de Santa Susana recriou jogo de hóquei com… burros

A tradição ainda é o que era, pelo menos em Turquel. As comemorações em honra de Santa Susana,...

Jovens participam em ações de sensibilização e limpeza de praias na Nazaré

Arranca, esta terça-feira, o projeto "A Praia é nossa. O responsável és tu!, da Câmara da Nazaré, integrado...

Alemão e grego dinamizam projeto com objetos de praia em Alcobaça

“Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se tranforma”. A célebre frase de Antoine Lavoisier pode...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!