Sexta-feira, Dezembro 2, 2022
Sexta-feira, Dezembro 2, 2022

Secretária de Estado realça o poder da multiculturalidade

Data:

Partilhar artigo:

A Secretária de Estado para os Assuntos Europeus, Margarida Marques, esteve presente no arranque do novo ano letivo para os alunos do 1.º ciclo do concelho da Nazaré, que teve lugar no Centro Escolar da vila, esta quarta-feira. A governante salientou que a “multiculturalidade escolar é muito positiva”.

A Secretária de Estado para os Assuntos Europeus, Margarida Marques, esteve presente no arranque do novo ano letivo para os alunos do 1.º ciclo do concelho da Nazaré, que teve lugar no Centro Escolar da vila, esta quarta-feira. A governante salientou que a “multiculturalidade escolar é muito positiva”, referindo-se à integração das crianças sírias, da família de refugiados que a Nazaré acolheu no passado mês de março.

Margarida Marques começou por dizer às crianças presentes que “a escola abre as portas para o mundo que veem na televisão”, acrescentando que “agora vão poder passar a contactar com essa realidade, a brincar e estudar com crianças de nacionalidades diferentes”.

Região de Cister - Assine Já!

Já com o discurso direcionado ao público adultos, a socialista sublinhou que Portugal “é um País aberto a receber refugiados”. “Somos uma sociedade aberta e tolerante, com um nível de integração que outros países não têm”, frisou.

“Nos anos 70, integrámos centenas de milhares de refugiados, prova de que somos uma sociedade inclusiva e é exatamente isso que continuaremos a ser”, considerou a secretária de Estado, salientando, também o facto de a multiculturalidade “ser uma mais-valia para todos, já que prepara as pessoas para a vida”.

Margarida Marques considera que “as escolas da Nazaré estão preparadas para lidar com a diferença, apesar de ser evidente a questão da barreira linguística”, situação que desvaloriza, tendo em conta que “nestas idades a aprendizagem das línguas faz-se ‘tipo esponja’”, concluiu.

“Ao todo contam-se cinco crianças sírias no Agrupamento de Escolas da Nazaré, quatro delas vão frequentar o próximo ano letivo no Centro Escolar”, explicou o diretor do Agrupamento de Escolas da Nazaré.

João Magueta sublinhou que “o mais importante é a hospitalidade, ter em atenção as suas necessidades e dar-lhes liberdade para interagirem uns com os outros”. “Não tem sido nada difícil integrar estas crianças na nossa comunidade, tendo em conta que elas têm imensa vontade de aprender”, exalta o diretor do agrupamento. “Até já compreendem e se fazem compreender em português”, reforçou o diretor do agrupamento.

Deolinda Vasco, coordenadora do Centro Escolar da Nazaré, guiou a visita da Secretária de Estado, dando a conhecer todos os espaços do estabelecimento de ensino.

O vereador da Educação, Manuel Sequeira, salientou a importância do “bem-estar dos alunos na comunidade escolar”, reforçando, também, a contínua luta quanto ao Ensino Secundário público. “Queremos que isso seja uma realidade”, realçou.

AD Footer

Artigos Relacionados

APFCAN reflorestou 200 hectares desde grande incêndio de 2017

A reflorestação da área florestal que se estende até ao mar nos concelhos de Alcobaça e Nazaré é...

Alunos da Escola D. Pedro I em projeto “Music and Sports” na Turquia

Ângelo Antanoa (9.ºC), Gonçalo Domingues (9.ºB), Simão Dias (9.ºC) e Simão Fernandes (9.ºA) foram os alunos da Escola...

Concerto de Toy levou um milhar de pessoas ao pavilhão dos Bombeiros da Benedita

O pavilhão dos Bombeiros da Benedita engalanou-se, na noite da passada sexta-feira, para receber o concerto de Toy....

HC Turquel aplica goleada e reafirma candidatura à subida de divisão

O HC Turquel goleou na receção ao HC Sintra (6-2), no passado sábado, e reafirmou a sua candidatura...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!