Quarta-feira, Agosto 17, 2022
Quarta-feira, Agosto 17, 2022

Conceição Cabral abre oficina comunitária de peças de vidro

Data:

Partilhar artigo:

As opções para trabalhar o vidro são infinitas e, para o provar, a artista Conceição Cabral tem centenas de peças expostas no seu novo ateliê-galeria, instalado na Barracha, no lugar do Canteirão, em Valado dos Frades. 

O vidro vem em chapas com mais de um metro e é cortado com diamante. Depois, através de várias colagens e montagens em fornos que podem atingir os 830 graus, podem surgir peças de todas as formas, cores e feitios. As opções são infinitas e para o provar, a artista Conceição Cabral tem centenas de peças expostas no seu novo ateliê-galeria, instalado na Barracha, no lugar do Canteirão, em Valado dos Frades. 

Aquele espaço vai funcionar como um “ateliê comunitário”, em que todas as pessoas podem utilizar as ferramentas e realizar as suas próprias peças. 

Neste momento, há cinco artistas nacionais e internacionais a frequentar a oficina da artista plástica. Além disso, já há um coletivo de artistas alentejanos interessado em alocar-se na região para usufruir do ateliê de Conceição Cabral. O espaço abre todos os dias das 10 às 19 horas para que todos possam “partilhar o gosto pelo vidro e pela arte”.

O projeto “comunitário” não se fica por aqui, uma vez que Conceição Cabral quer alargar o ateliê-galeria a uma extensão maior da fábrica de fornos elétricos, que atualmente está a servir de armazém. “Há falta de locais para criar qualquer coisa de design relacionado com o vidro”, começa por explicar Tiago Barracha, filho de Conceição Cabral e responsável pela elaboração daquele projeto. 

“Queremos liberalizar o acesso à criação artística de design, vidro e de arte digital também”, refere o jovem. 

Além disso, mãe e filho pretendem criar um verdadeiro complexo artístico naquela zona limítrofe da freguesia de Valado dos Frades: um espaço para as crianças desenvolverem competências artísticas através da criação de vidro e cerâmica e outro em que a arte sirva de terapia. “Pretendemos também criar um espaço no qual pessoas com deficiência possam ter a oportunidade de criar e que isso, de certa forma, as ajude na sua reabilitação”, revela Tiago Barracha.

Até lá, Conceição Cabral vai continuar a ministrar vários workshops no seu ateliê e, claro, a produzir as suas peças e a expô-las pelo País. 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

PSP da Nazaré detém homem pelo crime de violência doméstica

A Polícia de Segurança Pública (PSP) anunciou, esta quarta-feira, a detenção de um homem pela prática do crime...

Capotamento de veículo provoca um ferido em Alfeizerão

O capotamento de um veículo ligeiro de passageiros, ocorrido na manhã desta terça-feira, na curva junto à Pousada...

Tradição de Santa Susana recriou jogo de hóquei com… burros

A tradição ainda é o que era, pelo menos em Turquel. As comemorações em honra de Santa Susana,...

Jovens participam em ações de sensibilização e limpeza de praias na Nazaré

Arranca, esta terça-feira, o projeto "A Praia é nossa. O responsável és tu!, da Câmara da Nazaré, integrado...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!