Sábado, Julho 20, 2024
Sábado, Julho 20, 2024

Conceição Cabral abre oficina comunitária de peças de vidro

Data:

Partilhar artigo:

As opções para trabalhar o vidro são infinitas e, para o provar, a artista Conceição Cabral tem centenas de peças expostas no seu novo ateliê-galeria, instalado na Barracha, no lugar do Canteirão, em Valado dos Frades. 

O vidro vem em chapas com mais de um metro e é cortado com diamante. Depois, através de várias colagens e montagens em fornos que podem atingir os 830 graus, podem surgir peças de todas as formas, cores e feitios. As opções são infinitas e para o provar, a artista Conceição Cabral tem centenas de peças expostas no seu novo ateliê-galeria, instalado na Barracha, no lugar do Canteirão, em Valado dos Frades. 

Aquele espaço vai funcionar como um “ateliê comunitário”, em que todas as pessoas podem utilizar as ferramentas e realizar as suas próprias peças. 

Região de Cister - Assine já!

Neste momento, há cinco artistas nacionais e internacionais a frequentar a oficina da artista plástica. Além disso, já há um coletivo de artistas alentejanos interessado em alocar-se na região para usufruir do ateliê de Conceição Cabral. O espaço abre todos os dias das 10 às 19 horas para que todos possam “partilhar o gosto pelo vidro e pela arte”.

O projeto “comunitário” não se fica por aqui, uma vez que Conceição Cabral quer alargar o ateliê-galeria a uma extensão maior da fábrica de fornos elétricos, que atualmente está a servir de armazém. “Há falta de locais para criar qualquer coisa de design relacionado com o vidro”, começa por explicar Tiago Barracha, filho de Conceição Cabral e responsável pela elaboração daquele projeto. 

“Queremos liberalizar o acesso à criação artística de design, vidro e de arte digital também”, refere o jovem. 

Além disso, mãe e filho pretendem criar um verdadeiro complexo artístico naquela zona limítrofe da freguesia de Valado dos Frades: um espaço para as crianças desenvolverem competências artísticas através da criação de vidro e cerâmica e outro em que a arte sirva de terapia. “Pretendemos também criar um espaço no qual pessoas com deficiência possam ter a oportunidade de criar e que isso, de certa forma, as ajude na sua reabilitação”, revela Tiago Barracha.

Até lá, Conceição Cabral vai continuar a ministrar vários workshops no seu ateliê e, claro, a produzir as suas peças e a expô-las pelo País. 

AD Footer

Artigos Relacionados

Teresa Coelho avança com candidatura à Federação Distrital de Leiria do PS

A nazarena Teresa Coelho é candidata a presidente da Federação Distrital de Leiria do Partido Socialista (PS) nas...

HC Turquel guarda o “9” por cinco anos em homenagem ao capitão

As chaves estão entregues e a camisola número 9 não será utilizada por nenhum jogador do HC Turquel...

Feira do Livro da Nazaré celebra os 50 anos do 25 de Abril e os 500 de Camões

A Feira do Livro da Nazaré regressa amanhã ao Centro Cultural da vila com novas propostas literárias para...

Diartedance conquista duas medalhas de ouro no campeonato do mundo

A Diartedance conquistou quatro prémios nas finais do Campeonato do Mundo de Dança, o Dance World Cup, que...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!