Terça-feira, Janeiro 31, 2023
Terça-feira, Janeiro 31, 2023

Nova igreja inaugurada na Martingança

Data:

Partilhar artigo:

A nova Igreja da Martingança abriu portas à comunidade num dia “comovente” que vai ficar para a história da localidade. 

A nova Igreja da Martingança abriu portas à comunidade num dia “comovente” que vai ficar para a história da localidade.

“Este dia é uma bênção”: foi com estas palavras a serem entoadas que as primeiras pessoas entraram, pela primeira vez, no novo local de culto da comunidade martingancense. António Marto, bispo da Diocése Leiria-Fátima, presidiu à cerimónia de inauguração da Igreja da Martingança.

Região de Cister - Assine Já!

Em grande parte, a construção da Igreja da Martingança deve-se ao “esforço contínuo” de uma comissão que fez das tripas coração e, ao longo de quase uma década, organizou dezenas de eventos e angariou donativos de populares, empresas e instituições. Elsa Sousa, membro da comissão, explica ao REGIÃO DE CISTER que a “fé nunca esmoreceu”, mesmo que a espera tenha desmotivado algumas pessoas. “Tivemos pessoas idosas que nos disseram que receavam não ver a igreja inaugurada e muitas delas viram mesmo”, conta, orgulhosa. 

A obra, que custou cerca de 500 mil euros, está paga quase na totalidade, faltando 25 mil euros que “deverão ficar liquidados até ao final do ano”. É também no final do ano que termina o mandato da comissão e Elsa Sousa espera que mais pessoas se cheguem à frente para continuar o bom trabalho em prol daquela comunidade.

A Igreja da Martingança foi inaugurada quase nove anos depois do início da construção. A espera tornou a cerimónia num momento “especial” para toda a comunidade

A população da Martingança é “muito católica”, e por isso, Valter Ribeiro considera que se trata de uma obra “muito importante” e que “deixou as pessoas muito satisfeitas”. O presidente da União de Freguesias de Pataias e Martingança enalteceu o trabalho da Comissão.

A primeira pedra da Igreja da Martingança foi lançada no dia 31 de agosto de 2008, mas o início dos procedimentos aconteceu ainda antes, quando o padre Adelino Guarda ainda era o pároco da então Junta da Martingança. Já com o padre Virgílio Francisco no comando da paróquia, o projeto ganhou forma e a comissão, criada pelo anterior pároco, pôs mãos à obra para garantir meios para a construção da igreja. Foram realizados dezenas de eventos para angariar fundos e várias instituições contribuíram “generosamente”, como foi o caso do Santuário de Fátima, a antiga Junta da Martingança, a Câmara de Alcobaça e até o Banco Banif, que chegou a ter uma balcão na sede da Junta há alguns anos.

A Igreja da Martingança tem “forma oval” como simbolismo do “princípio da vida”, explicou o padre Virgílio Francisco. “A vida nasce, cresce e renasce”, mas a vida da comunidade católica da Martingança não mais vai ser a mesma depois da inauguração desta igreja.

 

AD Footer

Artigos Relacionados

Andar com o escritório numa mão

Fábio Filipe tinha duas opções: passar das funções de club manager para área manager de um clube de...

‘Dragão’ Stephen Eustáquio marca e conquista Taça da Liga de futebol

Stephen Eustáquio teve papel bastante importante ao apontar o primeiro golo na vitória que deu ao FC Porto...

Oonify abre espaço dedicado à formação na Nazaré

A Oonify abriu, recentemente, na Nazaré, um novo espaço de formação, a que chamou de "Oonify Space". O novo...

Sons Com(n)Sentidos ouvem-se agora nos cavaquinhos e percussão da Cercilei

Em cima do palco, os homens apresentam-se de suspensórios, as mulheres levam uma bandolete na cabeça. Todos vestem...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!