Terça-feira, Dezembro 6, 2022
Terça-feira, Dezembro 6, 2022

Nazarépic mostra figuras e tradições no Farol

Data:

Partilhar artigo:

Os visitantes do Forte de São Miguel Arcanjo, na Nazaré, têm a possibilidade de aprender mais sobre Napoleão, D. João IV, D. Sebastião, a onda gigante da Praia do Norte ou até mesmo do submarino afundado no Canhão da Nazaré, com a aplicação digital Nazarépic.

Os visitantes do Forte de São Miguel Arcanjo, na Nazaré, têm a possibilidade de aprender mais sobre Napoleão, D. João IV, D. Sebastião, a onda gigante da Praia do Norte ou até mesmo do submarino afundado no Canhão da Nazaré, com a aplicação digital Nazarépic.

O projeto resulta de uma parceria entre o Município da Nazaré e a Altice Portugal, através da PT Empresas, para conceber um projeto de realidade aumentada. 

Região de Cister - Assine Já!

A Nazarépic, uma solução de realidade que alia surf, paisagem, usos e costumes, história e lendas da vila piscatória para dar a conhecer a “cultura e identidade do concelho”. Para isso, basta descarregar a aplicação (disponível gratuitamente na Google Play e, em breve, na App Store) e apontar a câmara do telemóvel para uma das várias placas espalhadas pelo Forte de São Miguel Arcanjo. E nem Walter Chicharro se “safou”: é uma imagem virtual do presidente da Câmara da Nazaré que tem a missão de dar as boas vindas aos visitantes do farol e aos utilizadores da “app” Nazarépic, explicando o conceito e utilização da plataforma. Através da aplicação também será possível observar a onda gigante da Praia do Norte, pela tela do smartphone em realidade aumentada.

A experiência, que está disponível em vários idiomas, será, a partir de agora, “ainda mais inesquecível”, defende João Sousa. O membro do comité executivo da Altice Portugal congratulou o “arrojo e criatividade” do município da Nazaré. “Quisemos associar a tecnologia a um local de turismo como o Farol da Nazaré, trazer mais informação para os visitantes e que saiam daqui com mais informação sobre a vila e a importância que tem na história da formação de Portugal. 

Segundo dados do Município, o Forte de São Miguel Arcanjo atravessa um bom período no que toca ao número de visitantes. E é nesse momento de “tendência de crescimento” que a autarquia apresenta a aplicação, com o objetivo de “capitalizar o prestígio que a região já tem dentro e fora de portas”. “Tenho certo que esta aplicação atrairá ainda mais gente ao concelho em geral e a este espaço em particular”, refere Walter Chicharro.

“É um privilégio contar com a Altice Portugal como parceiro de referência nesta operação tecnológica essencial para a valorização da Nazaré”, acrescenta o autarca. 

AD Footer

Artigos Relacionados

APFCAN reflorestou 200 hectares desde grande incêndio de 2017

A reflorestação da área florestal que se estende até ao mar nos concelhos de Alcobaça e Nazaré é...

Alunos da Escola D. Pedro I em projeto “Music and Sports” na Turquia

Ângelo Antanoa (9.ºC), Gonçalo Domingues (9.ºB), Simão Dias (9.ºC) e Simão Fernandes (9.ºA) foram os alunos da Escola...

Concerto de Toy levou um milhar de pessoas ao pavilhão dos Bombeiros da Benedita

O pavilhão dos Bombeiros da Benedita engalanou-se, na noite da passada sexta-feira, para receber o concerto de Toy....

HC Turquel aplica goleada e reafirma candidatura à subida de divisão

O HC Turquel goleou na receção ao HC Sintra (6-2), no passado sábado, e reafirmou a sua candidatura...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!