Terça-feira, Julho 5, 2022
Terça-feira, Julho 5, 2022

Socem amplia e moderniza sede na Martingança

Data:

Partilhar artigo:

O grupo Socem anunciou a ampliação das instalações na sede, na Martingança, com a construção de duas novas naves. O anúncio foi feito a 13 de dezembro, aquando da visita à empresa do secretário de Estado da Economia, João Neves, no âmbito dos “Encontros para Competitividade e Inovação”.

O grupo Socem anunciou a ampliação das instalações na sede, na Martingança, com a  construção de duas novas naves. O anúncio foi feito a 13 de dezembro, aquando da visita à empresa do secretário de Estado da Economia, João Neves, no âmbito dos “Encontros para Competitividade e Inovação”. 

O administrador da empresa de engenharia de moldes aproveitou a ocasião para divulgar os vários projetos para 2019. Luís Febra explicou que uma das naves consiste numa nova área para plásticos, cuja conceção da obra está em negociações com uma empresa sueca, com uma área produtiva de 12 mil metros quadrados. Esta obra deverá arrancar já em março do próximo ano. 

A empresa estuda também a construção de outra nave para abarcar equipamentos técnico e cujo projeto está entregue a um grupo de funcionários, desafiados pela administração da empresa para, mediante o orçamento facultado, desenhar e avançar com as obras de criação do espaço. 

Ainda no próximo ano, a Socem será responsável pela construção de peças para o primeiro carro elétrico da marca de automóveis Porsche, que chegará aos mercados mundiais no final de 2019. 

A ambição e proatividade da empresa criada em 1986, e que atualmente tem também presença nos mercados do México, Brasil, China e Alemanha, agradou o secretário de Estado que aplaudiu a constante evolução da empresa, tanto a nível humano como estrutural. Contudo, Nuno Campinos, diretor financeiro do grupo, confessou a João Neves os constrangimentos enfrentados devido à redução de apoios monetários do Estado, assim como à “lentidão dos processos de análise de candidaturas e aprovação de projetos”. O secretário de Estado desculpou-se com o “reduzido número de funcionários púbicos responsáveis por tais tarefas”, mas prometeu, para o próximo ano civil, uma “maior proatividade no apoio, incentivos monetários maiores para empresas que, tal como a Socem, contribuem de forma preponderante para a economia nacional, e redução de burocracia”. 

Atualmente, a Socem atua de forma transversal “dedicando-se ao design de moldes recorrendo a tecnologias de vanguarda e prototipagem únicas no País de forma a conseguir manter-se de forma sustentável no mercado”. 

A empresa emprega 426 funcionários, distribuídos pelas dez empresas do grupo. Com uma idade média de 30 anos, a equipa foi descrita por Luís Febra como “jovem, mas ambiciosa e que atualmente é composta por 80 licenciados, que terminam a formação educativa e ambicionam um emprego consistente e com margem para evolução na área dos moldes”. 

Em 2017, a Socem foi distinguida no estrangeiro, por uma publicação de ranking mundial, como uma das empresas inspiradoras do ano. No ano transato, a empresa teve um volume de negócios de cerca de 51 milhões de euros e prevê que 2018 supere esses números. 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Duas empresas de Alcobaça distinguidas como “Gazela 2021”

A construtora A.B. Inácio, LDA, sediada na Benedita, e a fabricante HC - Caixilharia LDA, localizada na Cela...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!