Terça-feira, Julho 5, 2022
Terça-feira, Julho 5, 2022

Obras do Centro de Saúde na Nazaré e do Centro Escolar de Famalicão atrasadas

Data:

Partilhar artigo:

A Câmara da Nazaré deliberou prorrogar os prazos de construção do Centro de Saúde da Nazaré e do Centro Escolar de Famalicão, cuja conclusão foi atrasada devido principalmente à pandemia da Covid-19.

A Câmara da Nazaré deliberou prorrogar os prazos de construção do Centro de Saúde da Nazaré e do Centro Escolar de Famalicão, cuja conclusão foi atrasada devido principalmente à pandemia da Covid-19.

O adiamento do prazo de conclusão da empreitada do Centro de Saúde, no período de 92 dias, foi solicitado pela empresa adjudicatária, a M. Couto Alves S.A.  Em declarações à comunicação social, o presidente da Câmara da Nazaré revelou que o pedido resulta de “algumas dificuldades na prossecução dos trabalhos, agravadas desde o início da pandemia”.

O prazo de conclusão do novo Centro de Saúde, avaliado em 1,2 milhões de euros, suportados pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo e com uma comparticipação comunitária, deveria ter ocorrido no dia 28 de fevereiro, mas a data é agora alargada para 30 de maio. Walter Chicharro revela que após a data “ficará a faltar equipar as instalações para que se inicie o seu funcionamento”, sublinhando que o alargamento do prazo não implicará qualquer aumento de encargos para o município.

Relativamente às obras do Centro Escolar de Famalicão, adjudicado à mesma empresa, o programa de trabalhos só deverá estar concluído a 30 de setembro. A dificuldade em recrutar trabalhadores e a meteorologia adversa são outros dos fundamentos da empresa para o pedido de alargamento da obra que representa um investimento de cerca de 1,3 milhões de euros. 

Também a conclusão da reabilitação do Largo do Cemitério, na Pederneira, foi adiada para o final do mês de abril numa prorrogação de 86 dias solicitada pelo empreiteiro, Manuel Pedro Sousa e Filhos. De acordo com Walter Chicharro “a obra está praticamente concluída, falta a plantação de algumas árvores e pequenos detalhes estéticos que, nesta conjuntura de Emergência Nacional, não foi possível concluir”.

 

Mais do que nunca, a informação é preciosa.
Mais do que nunca, o Região de Cister está a trabalhar, diariamente e em todos os suportes, para disponibilizar informação credível e rigorosa aos seus leitores.
Mais do que nunca, num contexto de quebra abrupta de publicidade, o seu apoio é fundamental.
Faça-se assinante do único semanário dos concelhos de Alcobaça, Nazaré e Porto de Mós e ajude-nos a manter este serviço público.
AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Duas empresas de Alcobaça distinguidas como “Gazela 2021”

A construtora A.B. Inácio, LDA, sediada na Benedita, e a fabricante HC - Caixilharia LDA, localizada na Cela...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!