Segunda-feira, Julho 4, 2022
Segunda-feira, Julho 4, 2022

Amigos melómanos criam movimento com concertos pagos

Data:

Partilhar artigo:

Após verem festivais e concertos cancelados, um grupo de amigos melómanos da região decidiu criar o movimento “Música da Casa”para promover concertos pagos em streaming exclusivos para membros. 

Após verem festivais e concertos cancelados, um grupo de amigos melómanos da região decidiu criar o movimento “Música da Casa”para promover concertos pagos em streaming exclusivos para membros.

“Não que estivessem fartos de ver concertos à borla nas redes sociais, mas, por acharem que essa situação não seria sustentável para os músicos nem valorizava a arte”, os alcobacenses João Silva e Len Cruise e o valadense Vasco Sousa criaram uma página no Facebook e uma conta na plataforma Patreon com três opções de mensalidades. 

“A iniciativa foi criada com dois objetivos principais: os músicos continuarem a ser pagos pelo seu trabalho e os fãs continuarem a ter acesso aos seus concertos”, explica ao REGIÃO DE CISTER João Silva, um dos impulsionadores do movimento. “Se os músicos continuarem a não ser remunerados pelo seu trabalho e tiverem que parar de tocar e atuar são os fãs que mais perdem com isso”, lamenta. “Não podemos deixar que a música acabe”, reforça João Silva, também músico. 

Na Patreon, a partir de cinco euros (mais IVA), é possível assistir de dois a quatro concertos por mês. As outras mensalidades incluem mais benefícios, como o acesso a um maior número de concertos, a possibilidade de escolher as bandas, a interação com os músicos e ainda a oferta de t-shirts e discos. “Música da Casa” atingiu o seu primeiro objetivo: chegar aos 50 membros.

Os concertos continuarão a ser transmitidos online, via streaming, mas quando estiverem reunidas todas as condições, segundo as normas de restrição provocadas pela Covid-19, o objetivo será organizar concertos ao vivo, aos quais os membros continuarão a ter acesso. Apesar do projeto inicial incluir músicos portugueses já está a ser estudada a possibilidade de trazer para o projeto artistas estrangeiros.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Duas empresas de Alcobaça distinguidas como “Gazela 2021”

A construtora A.B. Inácio, LDA, sediada na Benedita, e a fabricante HC - Caixilharia LDA, localizada na Cela...

Aluno da Escola D. Pedro I conquistou 1.º prémio nas Olimpíadas da Cultura Clássica

António Maria Jorge, aluno da Escola Básica 2,3 D. Pedro I de Alcobaça, ganhou o 1.º prémio nas...

Futsal: Uma década de “ouro” coroada com o 25.º título

O Sporting revalidou o título nacional, no passado sábado, depois de vencer o Benfica (4-3) no terceiro jogo...

Vai uma “jogatana” de padel?

Pode parecer estranho, mas esta história sobre o padel começa a ser contada por um treinador de... futsal....

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!