Quinta-feira, Julho 7, 2022
Quinta-feira, Julho 7, 2022

Homem-estátua dos Pisões faz recorde mundial pela osteoporose

Data:

Partilhar artigo:

O homem-estátua, dos Pisões, estabeleceu o “Recorde da Mais Longa Performance de Estátua-Viva”, com o tempo de 7 horas e 17 segundos sem se movimentar, no âmbito de uma campanha de sensibilização para o impacto da osteoporose na saúde dos ossos e na vida dos doentes.

O homem-estátua, dos Pisões, estabeleceu o “Recorde da Mais Longa Performance de Estátua-Viva”, com o tempo de 7 horas e 17 segundos sem se movimentar, no âmbito de uma campanha de sensibilização para o impacto da osteoporose na saúde dos ossos e na vida dos doentes.

António Santos esteve em performance no Centro Comercial Colombo, em Lisboa. “É importante nesta época de pandemia recordar que há outras doenças”, disse o artista em declarações à RTP. O segredo do sucesso do homem-estátua está na “grande concentração, no controlo da respiração e na capacidade de suportar a dor”.

“Quebrar recordes pela Osteoporose” é o nome da ação que integra a campanha de consciencialização “Impeça a Osteoporose de Quebrar a Sua Rotina”. A personagem para esta ação foi especialmente concebida para representar porcelana quebradiça, mostrando o que acontece aos ossos quando são fragilizados pela osteoporose.

António Santos é detentor de cinco recordes mundiais, nove anos no Guinness Book of Records e detentor do recorde mundial de imobilidade com 20 horas, 11 minutos e 36 segundos. 

 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Central-periférica abre portas em Alcobaça a artistas em situação de risco

Um dos edifícios do centro histórico de Alcobaça está a dar “teto” a artistas internacionais. É ali, mais...

Dois detidos por tentativa de furto a residência em Famalicão

O Comando Territorial de Leiria, através do Posto Territorial da Valado dos Frades, deteve esta terça-feira dois homens...

Futebol: Ginásio fica pelas meias-finais no Inatel

O Ginásio caiu nas meias-finais do taça nacional da Fundação Inatel. Os azuis soçobraram na deslocação ao reduto...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!