Sábado, Julho 2, 2022
Sábado, Julho 2, 2022

Loja “Ponto Seis” veste portomosenses há 25 anos

Data:

Partilhar artigo:

Marca tendências e há 25 anos que fideliza clientes no concelho de Porto de Mós e arredores. O pronto-a-vestir “Ponto Seis”, localizado na Avenida Santo António, no centro de Porto de Mós, oferece vestuário casual a roupa de cerimónia, para senhora e homem, do estilo mais desportivo ao mais formal.

Marca tendências e há 25 anos que fideliza clientes no concelho de Porto de Mós e arredores. O pronto-a-vestir “Ponto Seis”, localizado na Avenida Santo António, no centro de Porto de Mós, oferece vestuário casual a roupa de cerimónia, para senhora e homem, do estilo mais desportivo ao mais formal.

“Marcamos a diferença pela qualidade dos nossos artigos”, sublinha o proprietário, em declarações ao REGIÃO DE CISTER. “Quem nos procura prefere pagar um pouco mais e ter a certeza de que fica bem servido”, sublinha Artur Sousa. A loja multimarcas localizada na avenida mais movimentada da vila dispõe de vestuário e acessórios de prestigiadas marcas nacionais, espanholas e italianas, num espaço moderno e acolhedor, onde a pedra da região está em evidência. Apesar das dificuldades que o comércio tradicional tem vindo a enfrentar, ano após ano, desde a abertura das grandes superfícies comerciais, o pronto-a-vestir “Ponto Seis” tem conseguido reinventar-se. A pandemia obrigou ao fecho da loja. No entanto, foi através dos “diretos” nas redes sociais, com a ajuda dos filhos, que Artur Sousa conseguiu continuar a faturar. Apesar da crise, o proprietário assegura que a pandemia trouxe de volta alguns clientes. “As pessoas sentem-se mais seguras nos pequenos espaços do que nas grandes superfícies”, adianta.

É com muita dedicação e empenho que o portomosense se tem vindo a dedicar ao negócio. O apoio da família ao longo destes anos também tem sido fundamental. Apesar de já estar reformado, estar na loja diariamente faz com que tenha uma rotina e se sinta ativo.

Além do comércio, Artur Sousa, dedicou grande parte da sua vida à comunidade. Fez parte da corporação de Bombeiros Voluntários de Porto de Mós entre os 18 e os 66 anos e foi durante esse período que cumpriu a sua “missão de vida”. “Foi gratificante poder ajudar o próximo”, salienta Artur Sousa, recordando, emocionado, o episódio de uma menina a quem salvou a vida.

Artur Sousa começou o negócio com a irmã, Manuela Sousa, que se afastou por causa da idade. Antes de abrirem a loja “Ponto Seis”, os irmãos chegaram a gerir, durante dez anos, outro espaço comercial situado junto ao Paços do Concelho. A “Loja Nova” encerrou portas quando o mercado mudou de local e a zona comercial da vila foi descentralizada. “Decidimos arriscar e investir neste espaço”, conta o comerciante.

Artur Sousa recorda os natais em que tinha cinco pessoas a atender e, mesmo assim, não tinha mãos a medir. “Este último Natal foi bem mais triste”, lamenta, com “esperança” que com esta nova abertura do comércio, “tudo volte ao normal aos poucos”. Até lá há que aproveitar os preços imperdíveis com descontos de 50% na coleção de verão e inverno.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Aluno da Escola D. Pedro I conquistou 1.º prémio nas Olimpíadas da Cultura Clássica

António Maria Jorge, aluno da Escola Básica 2,3 D. Pedro I de Alcobaça, ganhou o 1.º prémio nas...

Futsal: Uma década de “ouro” coroada com o 25.º título

O Sporting revalidou o título nacional, no passado sábado, depois de vencer o Benfica (4-3) no terceiro jogo...

Vai uma “jogatana” de padel?

Pode parecer estranho, mas esta história sobre o padel começa a ser contada por um treinador de... futsal....

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!