Quarta-feira, Junho 29, 2022
Quarta-feira, Junho 29, 2022

Obra da Central Termoelétrica de Porto de Mós concluída em setembro

Data:

Partilhar artigo:

A requalificação da Central Termoelétrica de Porto de Mós deverá estar concluída no final do mês de setembro. Num investimento de cerca de 3 milhões de euros, com apoio de 85% de fundos comunitário, o edifício vai transformar-se num espaço dedicado às áreas da cultura, da ciência e da investigação, bem como às atividades criativas.

A requalificação da Central Termoelétrica de Porto de Mós deverá estar concluída no final do mês de setembro. Num investimento de cerca de 3 milhões de euros, com apoio de 85% de fundos comunitário, o edifício vai transformar-se num espaço dedicado às áreas da cultura, da ciência e da investigação, bem como às atividades criativas.

“No fundo, é recuperar a memória daquilo que foi este edifício, destinando-o a um espaço cultural, com exposições temporárias, que contem a história daquilo que foi o concelho de Porto de Mós há 100 anos”, explicou o presidente da Câmara de Porto de Mós, durante uma visita à obra. “Temos uma ligação muito forte ao território e ao setor da pedra natural e conseguimos ligar com muita facilidade a pedra natural à cultura e à arte e, nesse sentido, o primeiro momento deste edifício será, com certeza, dedicado ao concelho de Porto de Mós e à pedra natural”, avançou Jorge Vala. 

Além do espólio ligado à empresa Ricel, o espaço vai estar também preparado para acolher três carros, atualmente depositados no Museu do Caramulo, propriedade da família Charters Monteiro, construídos pela então Indústria Portuguesa de Automóvel (IPA), que chegou a ter uma linha de montagem em Porto de Mós e que foi extinta pelo Estado Novo. 

Numa parceria com a Fundação EDP, a autarquia pretende que Central Termoeléctrica conte ainda a história da produção de energia elétrica a partir do carvão e que o espaço seja também destinado à investigação, através de protocolos com o Instituto Politécnico de Leiria e com a Universidade de Aveiro. A Câmara tem ainda em curso um estudo que visa a reabilitação da zona envolvente da antiga Central Termoelétrica, de forma a melhorar a sua utilização e também o espaço das festas de São Pedro. 

O projeto prevê a continuidade do Parque Verde, junto ao rio, permitindo que se criem novos acessos na vila e que se potencie o turismo.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

A leste, algo de novo: o despertar dos impérios

Gostaria de estar mais otimista. Porém, os últimos desenvolvimentos à volta da  Guerra na Ucrânia não me permitem...

Hóquei em patins: Biblioteca conquista torneio de encerramento em Tomar

A equipa de sub-15 da Biblioteca conquistou o torneio de encerramento depois de vencer o Sp. Marinhense (10-4),...

Casal de americanos escolheu Alcobaça para ajudar emigrantes

”Portugal the Place” é o nome da empresa de consultoria gerida por um casal de americanos em... Alcobaça. Colleen...

Concurso Mundial de Bruxelas distingue quatro vinhos de Alcobaça

Os vinhos Montecapucho Arinto 2017, da Quinta dos Capuchos, e Mula Velha Rose 2021, da Parras Wines, foram...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!