Terça-feira, Dezembro 6, 2022
Terça-feira, Dezembro 6, 2022

Peões causam perigo no atravessamento da EN242 na Nazaré

Data:

Partilhar artigo:

O perigo para peões e automobilistas na Estrada Nacional 242, entre a rotunda do Pavilhão Municipal e a rotunda junto à Escola Profissional da Nazaré, levaram o vereador social-democrata Paulo Reis a alertar a maioria socialista para a necessidade de “incentivar a utilização do túnel para evitar atropelamentos”.

Este conteúdo é apenas para assinantes

Por favor, assine ou entre na sua conta para desbloquear este conteúdo.

O autarca do PSD falava na reunião do executivo quanto aos riscos de atravessamento da movimentada via por jovens alunos das escolas, mas foi corrigido pelo vice-presidente da Câmara. “Temos de tirar os estudantes da equação. O problema são os adultos, utentes das superfícies comerciais dos dois lados da estrada”, afirmou Manuel Sequeira. No local há, de um lado da estrada, um laboratório de análises, um gabinete de contabilidade, uma loja de utilidades e, do outro, um supermercado. Além de se tratar de uma zona residencial.

De facto, em menos de dez minutos, na manhã de ontem, cinco pessoas atravessaram indevidamente a EN242. Todas elas eram adultas, como o REGIÃO DE CISTER comprovou no local.

A solução poderá passar pela colocação de barreiras físicas, defendeu o vereador com o pelouro da Proteção Civil, Orlando Rodrigues, que acredita que o problema é dos peões. “Por muitas lombas e semáforos que se possam colocar, enquanto as pessoas tiverem atitudes incautas, haverá sempre perigo naquele local”, disse o autarca eleito pelo PS.

Região de Cister - Assine já!

O presidente da Câmara lembrou que a estrada ainda é jurisdição da Infraestruturas de Portugal. A transferência de competências para o município deverá acontecer “no próximo mês”, acredita Walter Chicharro.

Quando a estrada passar para alçada da Câmara, “aquela é a via prioritária para limitar a velocidade”, acrescentou o chefe do executivo municipal, que garante “tomar medidas” e “analisar com atenção uma forma de resolver a situação”. “Hoje em dia há diversos dispositivos urbanos para resolver as situações”, disse ainda Walter Chicharro, que é desfavorável à construção de uma passagem aérea naquele local.
Além das medidas que forem implementadas no terreno, o presidente da Câmara defende o caminho da sensibilização e a utilização do túnel junto às escolas, “ainda que isso implique andar mais um bocadinho”.

Por sua vez, o vereador da CDU defendeu a criação de campanhas de sensibilização, com imagens em outdoors ao longo daquele troço da EN242. “É preciso passar a mensagem que todos temos de ter o máximo cuidado”, disse João Paulo Delgado, que lembrou que, apesar de os acidentes no local resultarem “apenas em danos materiais, qualquer dia as coisas podem não ser assim”.

AD Footer

Artigos Relacionados

APFCAN reflorestou 200 hectares desde grande incêndio de 2017

A reflorestação da área florestal que se estende até ao mar nos concelhos de Alcobaça e Nazaré é...

Alunos da Escola D. Pedro I em projeto “Music and Sports” na Turquia

Ângelo Antanoa (9.ºC), Gonçalo Domingues (9.ºB), Simão Dias (9.ºC) e Simão Fernandes (9.ºA) foram os alunos da Escola...

Concerto de Toy levou um milhar de pessoas ao pavilhão dos Bombeiros da Benedita

O pavilhão dos Bombeiros da Benedita engalanou-se, na noite da passada sexta-feira, para receber o concerto de Toy....

HC Turquel aplica goleada e reafirma candidatura à subida de divisão

O HC Turquel goleou na receção ao HC Sintra (6-2), no passado sábado, e reafirmou a sua candidatura...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!