Terça-feira, Junho 18, 2024
Terça-feira, Junho 18, 2024

S.A. Marionetas descerrou placa comemorativa de 25 anos de atividade

Data:

Partilhar artigo:

Foi descerrada, no passado dia 5 de outubro, na Rua Dr. José Nascimento e Sousa, em Alcobaça, uma placa comemorativa dos 24 anos de atividade da companhia S.A.Marionetas.

A placa evoca ainda o primeiro aniversário da inscrição do teatro Dom Roberto no inventário nacional do Património Imaterial da Unesco.

A inauguração da placa comemorativa foi um dos momentos altos do festival “Marionetas na Cidade”, que assinala as bodas de prata, e que decorreu em Alcobaça durante a última semana. O feriado foi dedicado ao teatro Dom Roberto, com vários espetáculos na Dr. José Nascimento e Sousa, na ponte junto à Biblioteca Municipal.

Região de Cister - Assine Já!

O festival foi retomado na quinta-feira, com apresentações no Cine-teatro, estendendo-se até ao passado domingo. Foram, no total, 18 apresentações, com 11 companhias, quatro países representados, nove espaços de apresentação e uma conversa com marionetistas.

O festival das marionetas, promovido pela companhia alcobacense S.A. Marionetas, foi, uma vez mais, um sucesso.

Até 30 de novembro, está patente a exposição “Objectos fascinados – Performances”, de Natacha Costa Pereira, no Museu do Vinho. O lançamento do 1.º volume de Cadernos de Teatro de Marionetas da S.A.Marionetas, dedicado a Inês de Castro, foi adiado para data a anunciar.

AD Footer

Artigos Relacionados

Futsal: Dupla da Benedita conquista inédito tetracampeonato nacional

Os técnicos Nuno Dias e Paulo Luís, o primeiro residente na Benedita e o segundo natural da freguesia,...

GNR apreende 334 artigos contrafeitos em São Martinho do Porto

O Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana (GNR) de São Martinho do Porto apreendeu, esta quinta-feira, em São...

Reportagem do REGIÃO DE CISTER ganha prémio nacional

A reportagem “Tornaram-se autênticos heróis na arte de cuidar dos (seus) heróis”, da autoria do jornalista Rafael Raimundo,...

Menopausa

A negligência na nossa vida reprodutiva, que já agora, só é valorizada quando podemos ter filhos, é uma...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!