Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023

Futebol: Unidos pelos laços de sangue, separados pela “redondinha”

Data:

Partilhar artigo:

As táticas que o Nazarenos e o Caldas B vão utilizar no embate do próximo domingo (15 horas), no Estádio Municipal da Nazaré, já são conhecidas: se do lado da equipa da Nazaré a aposta manter-se-á no habitual 4x4x2, do lado caldense o esquema tático passará por um 3x5x2.

This Content Is Only For Subscribers

Please subscribe to unlock this content. Enter your email to get access.
Your email address is 100% safe from spam!

É, por certo, estranho que o início do texto seja este, porém, para esta partida, referente à 13.ª jornada da Divisão de Honra distrital, não há (mesmo) segredos, já que os treinadores das duas equipas são…irmãos e companheiros de sempre nas lides do futebol. Falamos, já deverá saber, dos nazarenos Wilson e Walter Estrela, homens do leme das formações do Nazarenos e do Caldas B, respetivamente.

As duas equipas vão entrar em campo separadas por apenas um ponto, com vantagem para os forasteiros, e, ao REGIÃO DE CISTER, o técnico da equipa da casa coloca o favoritismo do lado do irmão. “O Caldas tem um plantel que já trabalha junto há três anos, que já assimilou as ideias do Walter, e que tem miúdos que estão na calha até para integrar o plantel da equipa principal, que joga dois escalões acima”, anteviu Wilson Estrela, fazendo também uma introspetiva ao seu grupo. “Temos muita qualidade, um grupo muito homogéneo e que nos dá garantias de que podemos chegar aos objetivos pretendidos”, disse, acrescentando, ainda assim, que o seu plantel “é curto” e que “está ainda a passar pela fase inicial de adaptação a um novo estilo de jogo e de liderança”.

Além disso, o técnico, de 53 anos, que se estreou como treinador, precisamente, no Nazarenos, em 2010, aponta a “qualidade de jogo, com a bola de pé para pé e em organização” como pontos fortes da equipa – e “das equipas” – treinadas pelo irmão. Todavia, como fez questão de frisar, o “seu” Nazarenos vai “jogar para conquistar os 3 pontos”.

Região de Cister - Assine Já!

Por sua vez, Walter Estrela terá pela frente um “osso duro de roer”. É que para o técnico, de 55 anos, o irmão é um treinador que privilegia bastante o rigor defensivo. “Com isto não quero dizer que as suas equipas jogam à defesa. Têm é um posicionamento e conhecimento do jogo defensivo muito bem delineado. Não fosse o meu irmão um antigo defesa de eleição”, sublinhou, considerando que não existem favoritos.

“Quando nos defrontámos pela primeira vez, a minha equipa [Ginásio] era, em teoria, favorita e quem ganhou foi a dele [Nazarenos]”, evidenciou Walter Estrela, recordando a vitória dos alvinegros sobre os azuis (1-0), a 10 de outubro de 2010, referente à 3.ª jornada da Divisão de Honra distrital, naquela que foi a primeira vez que os irmãos jogaram por símbolos diferentes. Nessa partida, Wilson Estrela tinha na sua equipa técnica o também irmão Wagner.

Sobre o facto de voltarem a estar em lados opostos da “barricada”, os irmãos – com carreiras notáveis enquanto jogadores de futebol profissional e que, entre outros, também representaram as cores do Caldas e do Nazarenos – mostraram ter o mesmo tipo de análise ao jogo. “Vai ser um jogo entre o Nazarenos e o Caldas B e não entre o Wilson e o Walter”, salientaram, esperando que seja “um jogo positivo, de bom futebol e sempre com respeito pela modalidade”.

Questionados se um dia gostariam de estar no mesmo “barco”, os irmãos Wilson e Walter Estrela acenaram positivamente, deixando, todavia, o tema nas “mãos do destino”.

Até porque, para já, o que interessa é começar bem o novo ano civil para conseguirem atingir os objetivos da temporada. E, certamente, não haverá melhor forma de iniciar 2023 do que com uma vitória mesmo que… familiar.

Nazaré será palco de verdadeiro jogo entre… família

Se no banco de suplentes vão estar os irmãos Wilson e Walter Estrela, no terreno de jogo vão estar, provavelmente, também jogadores que muito lhes dizem.

Falamos, desde logo, de Gonçalo Estrela, que representa o clube da casa e que é sobrinho de ambos os treinadores (filho de Wagner Estrela). O jogo será também especial para o avançado porque voltará a jogar diante do Caldas, clube que representou entre 2019 e 2021.

No entanto, um dos momentos mais empolgantes pode até ser outro. É que o técnico Wilson Estrela poderá mesmo vir a estar do lado oposto ao…filho (é mesmo o que parece). Wilson Estrela – com o mesmo nome do progenitor – alinha pelos juniores do emblema de Caldas da Rainha, mas está na calha para ser convocado pelo tio Walter para a visita (ou regresso, no caso) ao Estádio Municipal da Nazaré. “Será muito difícil que seja titular, mas é muito possível que seja convocado”, admitiu o técnico e tio (dentro do balneário por esta ordem) ao REGIÃO DE CISTER.

A suceder-se, será, indubitavelmente, um jogo de emoções ainda mais fortes para a família. Sobretudo para a mãe e avó Ana, que estará, com toda a certeza, na bancada do Municipal da Nazaré.

AD Footer

Artigos Relacionados

Andar com o escritório numa mão

Fábio Filipe tinha duas opções: passar das funções de club manager para área manager de um clube de...

‘Dragão’ Stephen Eustáquio marca e conquista Taça da Liga de futebol

Stephen Eustáquio teve papel bastante importante ao apontar o primeiro golo na vitória que deu ao FC Porto...

Oonify abre espaço dedicado à formação na Nazaré

A Oonify abriu, recentemente, na Nazaré, um novo espaço de formação, a que chamou de "Oonify Space". O novo...

Sons Com(n)Sentidos ouvem-se agora nos cavaquinhos e percussão da Cercilei

Em cima do palco, os homens apresentam-se de suspensórios, as mulheres levam uma bandolete na cabeça. Todos vestem...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!