Quarta-feira, Maio 22, 2024
Quarta-feira, Maio 22, 2024

Semana Santa de Porto de Mós promete voltar a encher a vila de visitantes

Data:

Partilhar artigo:

Está oficialmente apresentada a Semana Santa de Porto de Mós 2023. O evento, que promete atrair milhares à vila, vai decorrer entre os próximos dias 1 e 9 de abril, e contempla uma diversidade de iniciativas culturais e religiosas, cujo arranque ficará marcado pela construção do famoso tapete de flores na Ponte de São Pedro.

Depois disso, e ao longo de toda a semana, haverá recriações várias, muita música e a não menos tradicional gastronomia, onde se destacam o Festival Gastronómico do Cabrito e do Borrego. A recriação da Via Sacra será organizada pelo Grupo de Teatro Leirena, em conjunto com a população. Outra das atrações diz respeito ao Festival do Folar e da Amêndoa Artesanal, que vai decorrer de 31 de março a 2 de abril, e também no dia 7 do próximo mês.

A apresentação do evento decorreu na tarde da passada quinta-feira, na Central das Artes, numa cerimónia presidida por Jorge Vala, presidente da Câmara de Porto de Mós, e na qual também marcaram presença Eduardo Amaral, vereador da Cultura da Câmara, José Alves, pároco da paróquia de Porto de Mós, Susana Martins, diretora executiva da ABA – Banda de Alcobaça Associação de Artes, Vítor Lourenço, presidente da direção do Orfeão de Leiria, Diana Catarino e Amadeu de Oliveira, do grupo musical “DiAma Duo”, e Adriana Dourado, produtora do Leirena Teatro.

Região de Cister - Assine Já!

Trata-se, no fundo, de mais um evento relacionado com a época pascal, e que, tal como tem acontecido nos últimos anos, o Município de Porto de Mós faz questão de comemorar com pompa e circunstância. No entanto, e apesar da forte componente religiosa, a Semana Santa do concelho é mais abrangente. Algo que, de resto, ficou bem patente no discurso do presidente da Câmara de Porto de Mós. “Será um momento de encontro da comunidade e de atração para todos os visitantes. Todos fazem parte do projeto e o nosso grande objetivo é que seja uma iniciativa de coesão do nosso concelho, envolvendo, não só, a comunidade religiosa, como também as IPSS, movimento associativo e grupos de teatro”, assinalou Jorge Vala, que sublinhou também a importância da construção do tapete de flores como sendo uma imagem de marca: “É um acontecimento que não existe noutros sítios e as pessoas rumam a Porto de Mós para ver a maravilha que é a ponte toda florida”.

Nos dias 3, 4 e 5 de abril, a Igreja de São Pedro acolherá vários concertos culturais dirigidos pela Banda de Alcobaça, pelo Orfeão de Leiria e pelo DiAma Duo. “É um gosto colaborarmos com o município, através da programação em rede do Cistermúsica, com o coro José Joaquim dos Santos, de Óbidos e cujo diretor artístico é o Tiago Morin. Será um concerto de música sacra que nos permite também mostrar que há possibilidade de trabalharmos noutro tipo de património edificado, como as igrejas”, assumiu Susana Martins, diretora da ABA.

 

 

 

 

 

 

AD Footer

Artigos Relacionados

Futsal: CCRD Burinhosa faz história e vai lutar pelo título nacional de sub-19

A equipa de sub-19 do CCRD Burinhosa venceu o Benfica, por 5-4, no jogo da 'negra' das meias-finais,...

Hóquei: Alcobacense goleia o GC Odivelas e está de regresso à 2.ª Divisão Nacional

A Alcobacense comemorou o regresso à 2.ª Divisão Nacional, este sábado, depois de golear, à antiga, na receção...

Hóquei: André Luís é o escolhido para suceder a Guillem Pérez no comando do HC Turquel

O treinador André Luís será o substituto do catalão Guillem Pérez ao leme do HC Turquel, anunciou o...

Futebol: Tiago Ferreira nos eleitos finais para o Europeu

Tiago Ferreira (Sp. Braga) integrou a convocatória final, agora de apenas 20 jogadores, da Seleção Nacional para o...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!