Sexta-feira, Julho 12, 2024
Sexta-feira, Julho 12, 2024

Empresas da região participam em histórica feira de design mundial

Data:

Partilhar artigo:

Cinco empresas dos concelhos de Alcobaça e Porto de Mós marcam presença na Maison&Objet, uma feira mundial de design que decorre a partir desta quinta-feira e até segunda-feira, em Paris.

Com sede no concelho de Porto de Mós, estão representadas no evento as entidades Pizzetti Home (com a marca Egg Back Home), a Movelar, a Vasicol (com a marca Maria Portugal Terracota) e a Deartis. A ByClassy é a única representante sediada no concelho de Alcobaça.

A Maison&Objet terá uma secção exclusiva, no coração do corredor 6, para as mais de 50 marcas portuguesas presentes, cuja participação é coordenada pela Associação Portuguesa das Indústrias de Mobiliário e Afins (APIMA), no âmbito do lema “MADE IN PORTUGAL naturally”. Neste leque, estão integradas as marcas das empresas da região.

Região de Cister - Assine Já!

“Tech Eden” é o tema da 30.ª edição da feira e “promete animar a edição de janeiro com espaços reinventados, orientados para o setor retalhista, residencial ou hoteleiro, através de uma mistura de natureza e tecnologia com o objetivo de desconstruir o conceito de sustentabilidade e criar uma visão do futuro”, pode ler-se num comunicado emitido pela APIMA. Em 2023, o certame recebeu mais de duas mil marcas, tendo a visita de mais de 65 mil curiosos, provenientes de 144 países.

Esta participação representa “um investimento estratégico para as empresas portuguesas num momento em que França se mantém como o maior comprador mundial de produtos da Fileira Casa Portuguesa”, de acordo com o mesmo documento.

2024 será um ano de desafios, sublinha o presidente da APIMA. Ainda assim, Joaquim Carneiro destaca a resiliência do setor, em declarações presentes no comunicado: “Apesar das expectativas de manutenção do volume de negócios, o início deste ano será claramente definido pela instabilidade financeira e arrefecimento do consumo em alguns dos principais mercados internacionais. O desafio não é novo para as empresas da Fileira Casa, pelo que a resposta que já comprovou sucesso será reforçada – iremos continuar a apostar no alto valor acrescentado, na inovação e na sustentabilidade como os principais fatores distintivos das marcas portuguesas. Acredito que as empresas o farão com distinção e estamos a apoiá-las nesse mesmo sentido”.

AD Footer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

O Caminho da mudança

por vezes, pode parecer impossível mudar; mas isso acontece unicamente até “ser feito Teresa Radamanto Este mês apraz-me discutir a...

Obras de arte em pedra evocam Salgueiro Maia

As instalações da MVC – Portuguese Limestones serviram de palco a uma sentida homenagem a Salgueiro Maia, na...

Futebo de praia: Sótão goleia e mantém registo 100% vitorioso na elite

É certo que já tem presença confirmada, pelo segundo ano consecutivo, na fase decisiva da Divisão de Elite....

Futebol: U. Turquel volta às competições seniores da AF Leiria 14 anos depois

Em 2010, jogava-se num pelado em Turquel, e as infraestruturas não eram o que são hoje. A formação...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!