Epadrc requalificada a partir de 2020

A Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Cister (Epadrc) vai ser alvo de obras de requalificação a partir de 2020.

A garantia foi dada por Francisco Neves, delegado regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo, numa visita às instalações da escola de Alcobaça. “Esta era uma visita há muito aguardada. O convite foi inicialmente direcionado à secretária de Estado Adjunta e da Educação [Alexandra Leitão], mas devido a constrangimentos de agenda e por estar a decorrer uma campanha eleitoral, o delegado regional aceitou vir no seu lugar”, esclarece Paula Malojo, diretora da Epadrc. Francisco Neves visitou as instalações acompanhado de António Proença, chefe da equipa multidisciplinar de apoio pedagógico da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares.

Durante a visita, a diretora revelou alguns dos constrangimentos que a escola enfrenta a nível de degradação de edifícios, que “preocupam toda a comunidade escolar”. “A insistência desta visita foi motivada pela ambição de conseguir demonstrar o preocupante estado de degradação dos edifícios, que requerem uma intervenção urgente”, revela. Paula Malojo sublinha que atualmente a escola realiza um grande esforço financeiro para alugar instalações, situação que poderia ser solucionada com a requalificação dos espaços já existentes. “Investimos recursos em rendas que poderiam ser direcionados para outras necessidades”, reitera. A existência de telhados de fibrocimento nos edifícios escolares foi um tema igualmente abordado.

Perante as preocupações da diretora, Francisco Neves garantiu a visita de um engenheiro da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares para analisar o modo de atuação na requalificação do recinto escolar e garantiu o financiamento para a substituição de portas e janelas de um dos edifícios em causa. “Estamos a falar de quatro edifícios com necessidade de obras e um telhado de fibrocimento numa arrecadação. Creio que com estes acordos estamos a caminhar num bom sentido”, afirma. Contudo, a empreitada poderá ser realizada por fases e só avança a partir do próximo ano.

A necessidade de requalificação do edifício da Epadrc é um assunto há muito referido por Paula Malojo, que chegou a anunciar a intenção de assinar com a Câmara de Alcobaça um contrato-programa que levasse o Ministério da Educação a avançar com obras de melhoria das instalações da escola. Com esta visita, a diretora revela estar mais tranquila e confiante face ao problema. “Há muito tempo que apelávamos a estas obras e tudo indica que vamos, finalmente, eliminar este flagelo. Agora é esperar pelo próximo ano e pelo início das obras”, conclui.