Futsal: Ricardo Soares "escala" dos distritais à elite

Durante o dia trabalha numa empresa de moldes, mas à noite veste o equipamento para preparar os jogos na Liga Placard.

Ricardo Soares representava a URD Juncalense há época e meia na Divisão de Honra distrital, quando surgiu o convite da...Bury. “Estava com uns amigos e foi o técnico Jorge Xana, treinador do Juncalense, que me veio dar a notícia pessoalmente”, conta ao REGIÃO DE CISTER, admitindo que o momento foi de euforia. 

“A minha reação foi de extrema felicidade pelo facto de o meu trabalho ser reconhecido e de sentir que seria uma oportunidade única”, nota o jovem de 23 anos, natural da Cruz da Légua, revelando que teve de superar um período de testes. “Inicialmente a proposta foi realizar umas semanas de treino com a equipa e mais tarde é que me chamaram e disseram que contavam comigo”, explica o ex-Juncalense.

Mas a história de Ricardo Soares é mais peculiar do que se pensa. É que o pivô tem apenas dois anos de modalidade e só jogou nas provas nacionais quando representou o Ginásio no campeonato de Portugal em 2016/2017 como...defesa central.

“É difícil comparar o CP com a Liga Placard mas poderá ajudar pelo rigor e profissionalismo em treino”, compara o novo reforço da Bury, que é irmão do guardião Wilson Soares, que defende as cores do L. Lourosa no campeonato de Portugal.

Ricardo Soares começou a jogar futebol no Portomosense e em 2010 rumou aos iniciados da U. Leiria, clube que representou até aos juniores, antes de se mudar para o Ginásio, a meio da temporada 2015/2016. Nessa época jogou pelos juniores e ainda foi chamado à equipa principal, que acabaria por conquistar a Divisão de Honra e a Supertaça distrital.

Nos dois anos seguintes, representou Portomosense e GRAP e decidiu então juntar-se ao Juncalense e estrear-se no futsal. “Tinha um grande carinho pelo Juncalense e queria experimentar o futsal”, assevera, ainda que nunca tivesse pensado em chegar à 1.ª Divisão nacional.

“O meu objetivo é sempre lutar por mais e agora quero aproveitar a oportunidade e aprender com os mais experientes”, destaca o jogador que marcou 20 golos pela formação do Juncal, a quem faz questão de agradecer por hoje ter atingido a elite.

O jogador da Cruz da Légua e o novo colega de equipa Paulo Ferreira, da Mendiga, são os representantes do concelho de Porto de Mós na Liga Placard, mas nem por isso Ricardo Soares acusa a pressão. “Vou esforçar-me para representar bem o concelho que tanta qualidade tem ao nível do futsal”, enaltece. Agradece o concelho e toda a região de Cister.