Garrafeira A Casa e Parras Wines entre os melhores do ano 2020

Dois d’“Os Melhores do Ano 2020” da Revista de Vinhos, conhecidos como os óscares do vinho e da gastronomia, pertencem ao concelho de Alcobaça. A Garrafeira A Casa, em Alcobaça, venceu na categoria “Garrafeira do Ano” e a Parras Wines, empresa sediada na Fervença, ganhou na categoria “Empresa do Ano”.

Os protagonistas que mais se destacaram nos setores do vinho e da gastronomia em Portugal foram anunciados através de uma emissão especial online gravada antecipadamente e difundida na noite da passada quinta-feira nas redes sociais da Revista de Vinhos, em vez do habitual jantar de gala. A distinção integra a 24.ª edição da iniciativa, organizada por aquela publicação especializada, detida pelo grupo Essência do Vinho, para premiar todos os anos diferentes agentes do setor e da restauração.

“Fiquei sem palavras quando o diretor da Revista de Vinhos me ligou a dar a notícia. Não estava nada à espera”, revela Teresa Machado, uma das duas filhas de Teresa e Bernardino Machado, família que gere o negócio do restaurante e da garrafeira A Casa, em Alcobaça, há cerca de duas décadas.

Com mais de 2.500 referências de vinhos, maioritariamente vinhos do Porto, a garrafeira manteve uma grande interação com os clientes nas redes sociais num ano marcado pela pandemia. “Este prémio é ótimo para Alcobaça e para A Casa, que está entre as melhores de Portugal”, sublinha Teresa Machado. “Num ano tão difícil conseguimos ver o copo mais cheio do que vazio”, acrescenta a mãe Teresa.

De portas fechadas apenas nos meses de abril e maio do ano passado, a garrafeira tem conseguido cumprir a missão de se reinventar, de forma a ser fiel aos “melhores clientes do mundo”. “Fizemos entregas ao domicílio, conseguimos angariar novos clientes através dos vídeos  partilhados que ficaram conhecidos como o ‘Olá Olá’, a escolha da Sílvia, e mantivemos os nossos”, nota a alcobacense.

Já a Parras Wines foi considerada a “empresa do ano”. “Ser distinguido por uma entidade como a Revista de Vinhos, que acompanha o melhor que se faz neste setor, é um motivo de grande orgulho e um estímulo para toda a equipa”, adianta o presidente do Grupo Parras, que detém a Parras Wines. “Este prémio ganha, no entanto, um sabor especial por se reportar a um ano muito difícil para todos, mas em que a equipa da Parras se manteve focada e resiliente para continuar a oferecer os melhores vinhos de qualidade, com excelente relação qualidade/preço para Portugal e para todas as geografias para onde exportamos”, sublinha Luís Vieira. A empresa foi fundada em 2010 para englobar as valências que o empresário detém nas áreas da exploração vitícola, produção, engarrafamento e comercialização de vinhos.

Este é o segundo prémio atribuído ao grupo pela Revista de Vinhos após ter conquistado em 2015 o galardão de “empresa do ano” com a Quinta do Gradil.

Além da Parras Wines, o Grupo Parras, presente no mercado nacional e internacional com dezenas de marcas, detém a Quinta do Gradil, no Cadaval, a Herdade da Candeeira, no Alentejo, e explora as vinhas e as marcas da Casa das Gaeiras em Óbidos, desde 2010, e da Adega da Goucha, em Alpiarça, desde 2019. Adquiriu em 2005, a Goanvi, que presta serviços de engarrafamento às marcas da casa e a outras empresas na Fervença.