EB/JI Aljubarrota pede ajuda à comunidade para renovar espaço exterior

Encarregados de educação, alunos e professores, bem como toda a comunidade envolvente, podem participar na requalificação do espaço exterior da Escola Básica do 1.º Ciclo e Jardim de Infância de Carvalhal de Aljubarrota.

Uma cabra anã, um coelho, dois pintos, dois cocós e quatro porcos-da-índia vão “invadir” a escola para fazer as delícias dos mais novos e, ao mesmo tempo, promover entre eles a ligação à terra.

“Sempre que possível temos atividades abertas para os encarregados de educação”, conta Catarina Jesus, coordenadora daquele estabelecimento escolar, que funciona segundo o modelo educativo “Escola Rumo ao Futuro”, inspirado no Movimento Escola Moderna.

Sobre o novo projeto, “é importante mostrar às crianças de onde vêm os alimentos, para que tenham a noção de que os produtos vêm da terra”, nota a coordenadora, acrescentando que “são sempre matérias que, depois, servem para muitas aprendizagens, desde o português à matemática”. 

Para muitos alunos, esta é a primeira vez que tomam contacto com estes animais. “No primeiro dia o pinto foi largado no chão da cantina, tendo sido batizado pelos alunos com o nome de ‘aspirador’”, recorda a educadora Natália Fernandes. “Todos os animais ficarão ao cuidado de voluntários, durante os horários em que a escola ficará fechada”, acrescenta.

“A ideia é envolver a população. Há muitas senhoras de idade que vão até à vedação para apreciarem os projetos do exterior”, conta a coordenadora ao REGIÃO DE CISTER.

No início das atividades desbravou-se o mato, com o apoio da Junta de Aljubarrota, para se aproveitar ao máximo o terreno que a escola tem. “É um projeto de todos e para todos”, enaltece Catarina Jesus.