Requalificação do regadio da Cela avança

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural assistiu, esta sexta-feira, à assinatura do auto de consignação da obra de requalificação do regadio da Cela.

Luís Capoulas Santos apadrinhou a obra, cuja 1.ª fase vai ser executada no prazo de um ano e está orçada em 3,5 milhões de euros. Na totalidade, a modernização do Paúl da Cela significa um investimento superior a 10 milhões de euros.

Sublinhando ser um defensor do regadio, o ministro salientou que o setor agrícola "progrediu muito nos últimos anos e isso deve-se aos excelentes agricultores" de que o País dispõe.

O presidente da Associação de Beneficiários da Cela recordou a "grande luta" que foi necessário travar para que o projeto de modernização avançasse. "Os agricultores vão tornar-se mais eficientes", frisou Carlos Malhó.

Para o presidente da Câmara da Nazaré, a obra é "mais uma prova da grande ligação entre dois municípios vizinhos geridos por dois partidos diferentes" e um "momento crucial para o desenvolvimento da região". Walter Chicharro apelou, depois, ao Governo que desbloqueie o processo do sistema de rega do eixo Maiorga-Valado dos Frades.

Já Paulo Inácio valorizou a parceria com o município vizinho, recordou a Capoulas Santos o projeto em curso de mobilidade suave do Alcoa e agradeceu o esforço de todos os que ajudaram a viabilizar a obra. "Os principais homenageados são os agricultores e a associação que há mais de dez anos tem reclamado o projeto", frisou o presidente da Câmara de Alcobaça.