Quarta-feira, Junho 29, 2022
Quarta-feira, Junho 29, 2022

Pera Rocha atinge recorde de exportação

Data:

Partilhar artigo:

O recorde de exportação de Pera Rocha do Oeste já foi atingindo com a atual campanha, com números a bater as 100 mil toneladas. Contudo, a 16 de julho previa-se, para os 25 associados da Associação Nacional de Produtores de Pera Rocha (ANP), uma colheita de 176.360 toneladas na campanha 2014-2015, ou seja, mais 10% face à campanha anterior (160.983 toneladas), com aumentos em todas as zonas e a maior produção no Cadaval. 

O recorde de exportação de Pera Rocha do Oeste já foi atingindo com a atual campanha, com números a bater as 100 mil toneladas. Contudo, a 16 de julho previa-se, para os 25 associados da Associação Nacional de Produtores de Pera Rocha (ANP), uma colheita de 176.360 toneladas na campanha 2014-2015, ou seja, mais 10% face à campanha anterior (160.983 toneladas), com aumentos em todas as zonas e a maior produção no Cadaval. 
A ANP estima que o Alto Oeste, região onde Alcobaça está inserida, apresente uma colheita de 37.510 toneladas, notando um aumento em 10% em relação à campanha anterior (com 34.248 toneladas).
O valor da colheita da Cooperfrutas, um dos associados da ANP, é estimado em 8 mil toneladas. Número adiantado por Sérgio Pereira, presidente da Cooperfrutas, que prevê um aumento em cerca de 10% em relação à colheita anterior. Dessa produção cerca de 90% será destinada ao mercado externo, representando também um acréscimo de 10%. 
“Nesta campanha espera-se que a Pera Rocha tenha mais qualidade e mais calibre, em relação à campanha anterior, o que será uma mais-valia em termos de comercialização”, nota o presidente da cooperativa, na qual a pêra ocupa 60% do seu volume de negócios. 
A ANP salienta que “o aumento da produção deve-se, não só pelas boas condições climáticas que se têm vindo a registar ao longo da campanha produtiva, mas também pela melhoria das técnicas agrícolas implementadas”. 
Os quatro principais destinos deste fruto mantêm-se: Brasil (39% da produção exportada), Reino Unido (19%), França (17%), Rússia (7%). Marrocos substitui a Alemanha no 5.º lugar e o 6.º é disputado pela Polónia e pela Irlanda.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

A leste, algo de novo: o despertar dos impérios

Gostaria de estar mais otimista. Porém, os últimos desenvolvimentos à volta da  Guerra na Ucrânia não me permitem...

Hóquei em patins: Biblioteca conquista torneio de encerramento em Tomar

A equipa de sub-15 da Biblioteca conquistou o torneio de encerramento depois de vencer o Sp. Marinhense (10-4),...

Casal de americanos escolheu Alcobaça para ajudar emigrantes

”Portugal the Place” é o nome da empresa de consultoria gerida por um casal de americanos em... Alcobaça. Colleen...

Concurso Mundial de Bruxelas distingue quatro vinhos de Alcobaça

Os vinhos Montecapucho Arinto 2017, da Quinta dos Capuchos, e Mula Velha Rose 2021, da Parras Wines, foram...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!