Sexta-feira, Fevereiro 23, 2024
Sexta-feira, Fevereiro 23, 2024

A “obsessão” de Catarina que já escreve livros aos 16 anos

Data:

Partilhar artigo:

Luna Castro é a autora do livro “Sinfonia da Obsessão”, que conta com 469 páginas. Bem… na verdade, a autora chama-se Catarina Lourenço e tem apenas 16 anos.

Luna Castro é a autora do livro “Sinfonia da Obsessão”, que conta com 469 páginas. Bem… na verdade, a autora chama-se Catarina Lourenço e tem apenas 16 anos.

Natural do Vimeiro, a jovem conta que sempre se sentiu confortável entre as letras, fazendo da observação a sua melhor amiga. “Sempre quis escrever sobre a obsessão e a ligação da música a esse estado”, admite. Escreve desde muito nova, mas este é o primeiro livro que lhe sai da gaveta. Lá fechadas continuam as palavras de quando lhe saíam poemas e estrofes que não pensa, para já, dar a conhecer.

Região de Cister - Assine já!

Mas nem só de palavras vive Catarina Lourenço. A música também lhe sai pelas mãos. É violinista na Academia de Música de Alcobaça (AMA) desde os 10 anos e frequenta o 11.º do curso de Línguas e Humanidades, no Externato Cooperativo da Benedita (ECB). 

“Humilde, focada e muito discreta”, assim se descreve, Catarina Lourenço é dona de uma timidez que contrasta com a segurança das palavras de Luna Castro. E porquê este pseudónimo? “Luna [lua], porque a noite sempre foi a minha parte preferida do dia, e Castro por estar intimamente relacionada com a estória de D. Inês”, esclarece a jovem.

Este livro foi iniciado há dois anos, tendo coincidido com a entrada para a orquestra de cordas, na AMA, e daí lhe ter saído a inspiração para juntar a sinfonia à obsessão, nesta narrativa que conta o romance entre uma violinista e um colega de orquestra violoncelista.

Foi na Semana Cultural do ECB que a aluna deu a conhecer ao público a sua primeira obra. Em todo o processo, a professora de Português, Paula Ferreira, foi a quem a aluna recorreu para executar qualquer revisão necessária. “Quem sente a arte sabe que a escritora só podia ser violinista”, remata a professora. Paula Ferreira considera ainda que este “é um livro recheado de arte e emoções”.

A partir de agora é consumir a “Sinfonia da Obsessão” em doses regulares, e perder-se na música das palavras, seja de dia ou de noite, algures por entre a lua.

AD Footer

Artigos Relacionados

Malhado de Alcobaça em destaque em evento no Porto

O Malhado de Alcobaça vai ser um dos produtos em destaque num evento que vai decorrer este sábado,...

Concelhos de Alcobaça e Nazaré contabilizam 93 idosos sinalizados

Os concelhos de Alcobaça e da Nazaré, que integram a área de abrangência da Secção de Prevenção Criminal...

Missão dos militares resulta em laços de amizade

A regularidade com que os militares se deslocam a casa dos idosos motivam, regularmente, a criação de verdadeiras...

Guarda(m) os idosos e ainda ajudam a combater a solidão

A Ti Lurdes, natural da freguesia da Turquel, perdeu o marido há várias décadas, quando residia em França,...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!