Quarta-feira, Julho 6, 2022
Quarta-feira, Julho 6, 2022

Comprar droga

Data:

Partilhar artigo:

Outro dia, apeteceu-me.

Telefonei a uma pessoa que conheço e combinei com ela. Fui às compras e depois fui lá ter. Ali, nas traseiras do Mosteiro, sobre o olhar altivo e novo-limpo de D. Afonso Henriques, liguei outra vez e disse-lhe: estou à porta. Ela estava lá dentro, mas veio a mãe abrir. Passou-me dois sacos, paguei em dinheiro e meti tudo no carro para, como bom e obediente alcobacense, voltar a casa e confinar-me devidamente.

Antes de esta troca acontecer, dei uma voltinha de carro por Alcobaça: cidade-fantasma (ainda mais); estaleiro de mil e uma obras adiadas, meia-dúzia de pessoas na rua, cafés semi-fechados, mas máquinas de café automático abertas com mil dedadas e quem sabe, covid aos molhos. Um retrato de um país cujos decisores não sabem gerir, nem comunicar, nem dar o exemplo. Um país à beira do colapso, cheio de medo, culpa e respeitinho, à portuguesa. Uma Alcobaça sem presente, e, quem sabe, sem futuro.

Ah! Antes que me esqueça: não consumo drogas.

Era só uma metáfora para ter a vossa atenção.

Fui sim mas ao Restaurante Trindade, telefonei à Carla e as doses eram de arroz de peixe, frango na púcara e arroz doce, feito pela Dona Zé. Amor, dedicação, tradição servida em barro.

Fui comprar comida, mas vim de lá com a impressão de que teria sido mais fácil ter ido comprar droga.

 

Texto escrito a 8 de março, antes das novas regras de desconfinamento

AD Footer
Artigo anteriorDrive-in Alcobaça
Próximo artigoCortinado de banho
spot_img

Artigos Relacionados

Futebol: Ginásio fica pelas meias-finais no Inatel

O Ginásio caiu nas meias-finais do taça nacional da Fundação Inatel. Os azuis soçobraram na deslocação ao reduto...

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!