Quarta-feira, Agosto 17, 2022
Quarta-feira, Agosto 17, 2022

A leste, algo de novo: o despertar dos impérios

Data:

Partilhar artigo:

Gostaria de estar mais otimista. Porém, os últimos desenvolvimentos à volta da  Guerra na Ucrânia não me permitem tal otimismo. Efetivamente, nesta semana, a China deixou-se de meias palavras e afirmou o seu alinhamento pleno com a invasão das Ucrânia pela Federação Russa (FR). O mesmo vai fazendo a Índia.

Este meu pessimismo é alicerçado em factos: 1) Em termos populacionais, a China, a Índia e a Rússia somam cerca de 3000 milhões de habitantes, ao passo que o Ocidente, incluindo o Japão, Austrália e Coreia do Sul, soma cerca de 1200 milhões. 2) O alinhamento da China e da Índia com a FR esvazia, em grande parte, o alcance das sanções decretadas pelo Ocidente: um dólar – que, em 7 de março, custava cerca de 143 rublos – vale atualmente, cerca de 75 rublos. 3) Por outro lado, a China poderá substituir o Ocidente como fornecedor de alta tecnologia, em troco de petróleo muito mais barato. Deste modo, a energia que o Ocidente está a pagar a preços nunca antes praticados chega às indústrias chinesa e indiana a preços de saldo.

O Ocidente e o Oriente nunca confiaram completamente um no outro. As batalhas de Plateias e Salamina, o terror dos Mongóis, as invasões muçulmanas e subsequente resposta europeia … testemunham, a meu ver, o confronto entre o europeu individualismo humanista e o asiático anonimato dos impérios. Em nome desse individualismo, as unidades políticas europeias sempre foram pequenas – demasiadamente pequenas, diria mesmo.

A globalização deu aos “tigres asiáticos” uma vantagem competitiva decisiva: desde que os produtos fossem baratos “na Ásia”, o Ocidente fechava os olhos às condições de trabalho, aos regimes políticos, à política armamentista. Como se viu, na crise covid-19, o Ocidente ficou completamente dependente da “fábrica do mundo”…

De leste, sopram ventos de impérios que querem fundar uma nova ordem mundial. Dinheiro e capacidade tecnológica têm. Muita gente para executar esses propósitos, também. Ainda vamos a tempo de evitar o “Declínio do Ocidente” que Oswald Spengler teorizou em 1918?

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

PSP da Nazaré detém homem pelo crime de violência doméstica

A Polícia de Segurança Pública (PSP) anunciou, esta quarta-feira, a detenção de um homem pela prática do crime...

Capotamento de veículo provoca um ferido em Alfeizerão

O capotamento de um veículo ligeiro de passageiros, ocorrido na manhã desta terça-feira, na curva junto à Pousada...

Tradição de Santa Susana recriou jogo de hóquei com… burros

A tradição ainda é o que era, pelo menos em Turquel. As comemorações em honra de Santa Susana,...

Jovens participam em ações de sensibilização e limpeza de praias na Nazaré

Arranca, esta terça-feira, o projeto "A Praia é nossa. O responsável és tu!, da Câmara da Nazaré, integrado...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!