Quarta-feira, Julho 24, 2024
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Gaspar Vaz

A minha escola é melhor que a tua?

A publicidade feita às “melhores escolas” é indevida e impiedosa, castigando as “piores”, induzindo os mais aptos a migrar para as “melhores”, públicas ou privadas Gaspar Vaz Em 2001, surgiram os primeiros “Rankings”. Sempre dividiu opiniões. De facto, os rankings, no início, eram um instrumento muito tosco e rude: apenas construía tabelas, omitindo toda a envolvente do ato educativo. Em termos...

Sónia Tavares, entre um croquete e Rossini

O rigor não é um valor em si mesmo, do mesmo modo que o “compreendermos sempre tudo” também o não é. Gaspar Vaz Rossini pode ser sempre um ótimo começo de conversa, por diversas razões, a começar pela culinária. Quem não conhece o conhecidíssimo “Tornedó Rossini”, em homenagem às qualidades culinárias do grande compositor italiano? Embora não esteja documentado que Rossini...

A banalização do mal no Parlamento Português

Muito se tem dito e escrito sobre as declarações de André Ventura acerca da suposta preguiça de um povo e a (não) reação de Aguiar-Branco. Não tendo a pretensão de dizer a última palavra, vou deixar algumas questões. Comecemos pela Lei. Segundo alguns conhecidos juristas, as declarações de Ventura, sendo ofensivas, não são equivalentes, juridicamente, a uma opinião, pelo...

Como vivi o 25 de abril de 1974

Lembro-me, quase como se fosse hoje. Depois de uma madrugada não esperada, houve um dia que parecia igual a todos os outros, embora não o fosse. Estava a trabalhar, no escritório de uma empresa de Vizela, sob a orientação do Sr. Artur Martins (Saudades, chefe bom!). Não tinha grande consciência política. Na verdade, um seminário diocesano não é propriamente...

Meridiano de Moscovo

Ainda antes de ter sido eleito, Putin já estava eleito, o que levou o Presidente do Parlamento Europeu, Charles Michel, a, antecipadamente, o “felicitar” pela sua esmagadora vitória. Na verdade, as vitórias de Putin são feitas de esmagamentos: todos os adversários apagados do mundo dos vivos confirmam a completa falta de escrúpulos deste crápula, quintessência do populismo mais sanguinário...

A banalização do mal

Esta expressão é de Hanna Arendt (1906-1975). Arendt foi a correspondente da “The New Yorker” durante o julgamento de Eichmann. Este destacado militar alemão durante o regime nazi, foi raptado pela Mossad, na Argentina e transferido para Israel, onde foi julgado e condenado à morte por enforcamento - sentença executada em 1 de junho de 1962, na prisão de...

Uma vida grande de pequenas coisas

Ao contrário do que parece ser a tendência atual - fazer da ostentação de coisas grandes, caras e sofisticadas argumento para fundamentar uma vida boa - eu me comprazo com pequenas bênçãos. Na verdade, ter uma vida sem doenças graves, um sistema social que, reconhecendo o contributo passado, paga uma senescência feliz é uma bênção. Ter um sol que...

Feliz Ano Novo 2024, com saudades de 2023

As festividades do Ano Novo já lá vão. Agora, só há mais do mesmo para o ano. Se houver. Se gosto ou não destas festividades? Às vezes, sim; outras, não. É um negócio? Pois claro que é, mas, se quisermos rendermo-nos ao cinismo, acabaremos por concluir que quase tudo é isso mesmo: um negócio. Satisfeitos? Nem por isso: sabemos...
AD Footer
Região de Cister - Seja Assinante!
spot_img

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!