Sexta-feira, Setembro 30, 2022
Sexta-feira, Setembro 30, 2022

Vinho na “ti Maria Galinha” servido há mais de um século

Data:

Partilhar artigo:

spot_img

“Para lhe ser o mais sincera possível, não consigo dizer ao certo o ano em que esta casa abriu portas”. Foi desta forma, tão humilde quanto sincera, que Maria Manuela começou a conversa com o REGIÃO CISTER. A pergunta, claro está, era o ano de fundação da “Ti Maria Galinha”, taberna onde o vinho é “rei”, e que foi edificada pelos avós maternos, Manuel Galinha e Maria Galinha. Uma coisa é certa: “Foi há mais de 100 anos, isso posso garantir-lhe. Dizem, até, que é uma das tabernas mais antigas do distrito de Leiria”.

Este conteúdo é apenas para assinantes

Por favor, assine ou entre na sua conta para desbloquear este conteúdo.

E um dos factos que pode, efetivamente, confirmar esta história do espaço comercial centenário, sediado na localidade na Lagoa de Frei João, na freguesia da Benedita, que no início era também uma mercearia, é o facto de, atualmente, a gerência já ir na… quarta geração. Sempre dentro da família Galinha. Depois dos avós de Maria Manuela, a taberna passou para os pais, Joaquim Isabel e Maria Inácia Galinha, até que, há cerca de 13 anos, Maria Manuela e o marido, Pedro Bilhas, assumiram o negócio.

“É uma forma de continuarmos a honrar o nome da minha família e mantermos de pé um negócio iniciado pelos meus avós e que, depois, passou para os meus pais. Já lá vai o tempo em que isto dava dinheiro, agora é só mesmo por carolice”, assume Maria Manuela, orgulhosa por poder ainda continuar com a “porta aberta” desta casa com muita história.

Para esse efeito conta com a colaboração do marido. Que, já depois de se reformar, juntou o útil ao agradável. “Acima de tudo é o respeito pela vontade da minha mulher de querer continuar com o espaço aberto. No entanto, também não escondo que desta forma tenho mais ocupação para os meus dias. Sempre vai aparecendo um ou outro amigo, bebemos um copo e temos sempre a conversa em dia”, assume Pedro Bilhas.

E a verdade é que, apesar de não ter o retorno financeiro que tinha no passado, longe disso, a taberna da “Ti Maria Galinha” continua a receber vários clientes diariamente. E para que o legado da família possa manter-se por mais alguns anos, a gerência já está sob a égide da filha de Maria Manuela e Pedro Bilhas. Nélia Paula, que é assistente social de formação e que atualmente trabalha com o marido, na loja de tintas e drogaria que possuem, assume a quarta geração familiar desta taberna.Apesar da antiguidade, o espaço está bastante apelativo. Tudo por “culpa” das obras de remodelação feitas há cerca de três anos. Sendo que, dessa forma, até dá vontade de beber mais um “copinho”… Saúde!

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Nove bombeiros da região participaram na prova “Escadórios da Humanidade”

Nove bombeiros das corporações da região participaram na prova “Escadórios da Humanidade”, realizada  este dia 24, no Bom...

Alunos da Nazaré participam em ação internacional de limpeza costeira

Alunos do 1.º ciclo participaram nas ações de limpeza costeira que decorreram na Praia do Norte e na...

Futebol: Leandro Santos chega aos 200 jogos na Honra

O jogo entre Ginásio e Mirense, agendado para o próximo domingo (15 horas), no Municipal de Alcobaça, vai...

Triatlo: Raquel Rocha arrecada bronze no Europeu de Bilbau

Raquel Rocha (Clube de Natação e Triatlo de Lisboa) esteve em plano de evidência ao conquistar a medalha...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!