Sexta-feira, Setembro 30, 2022
Sexta-feira, Setembro 30, 2022

Adega de Alcobaça prepara novos vinhos e nova marca

Data:

Partilhar artigo:

spot_img

A Adega Cooperativa de Alcobaça tem já traçados vários objetivos para próximo ano: lançar novos vinhos e uma nova marca, afirmando a cooperativa pela qualidade que tem vindo a rotular os seus produtos nos últimos anos.

Este conteúdo é apenas para assinantes

Por favor, assine ou entre na sua conta para desbloquear este conteúdo.

“Queremos muito colocar um reserva no mercado. Temos algumas barricas que já estão selecionadas para isso e estamos a gostar muito do resultado. Não sabemos quando vamos lançar mas vai acontecer. Já temos a matéria-prima e depois falta-nos dar o passo burocrático”, adiantou ao REGIÃO DE CISTER Gonçalo Carreira. Para o técnico da Adega, o tinto reserva a lançar terá de ser “um vinho realmente de origem”. Além disso, a Adega Cooperativa de Alcobaça quer também apresentar um palheto, vinho com tradição na região. A nova marca a apresentar pode vir à boleia desses vinhos… “ou não”, tudo dependerá dos resultados, garante o técnico.

Até lá, a cooperativa prepara mais uma campanha de vindimas. Este ano, “os brancos estão a ficar prontos mais cedo”, pelo que a Adega vai começar a receber uvas brancas a partir de amanhã. A campanha dos tintos começa na próxima semana, dia 16. A cooperativa estima receber entre 100 a 150 toneladas de uvas, não havendo quebras significativas em relação ao ano anterior. Muito graças ao trabalho de campo que os técnicos da Adega desenvolvem junto dos sócios.

Recentemente, foram feitos “pequenos investimentos”, na ordem dos 50 mil euros, de forma a melhorar a qualidade. “Foram substituídas máquinas que já estavam obsoletas e também adquirimos novos palotes”, explica.
Os prémios têm sido um dos “maiores reconhecimentos” do trabalho de equipa. Recentemente, e para juntar ao vasto portfólio, o Levadas tinto 2018 foi medalhado com ouro no Wine Trophy. “Nunca tínhamos mandado esse vinho para provas, mas como todos os outros já tinham medalha, apostámos agora neste para provocar um bocadinho aquele que é o ‘patinho feio’”, confidencia. “Os prémios são todos bons, dão-nos alento a nível interno e a nível externo aumentam as vendas”, acrescenta.

Outra das novidades é a parceria feita entre a Adega Cooperativa de Alcobaça e o Sport Lisboa e Benfica, permitindo à cooperativa produzir três dos vinhos que o clube tem à venda na loja oficial. “Fomos a única adega e o único produtor da LVT representado neste primeiro grupo de parcerias”, afirma. Cerca de 11 mil garrafas, entre o Colheita selecionado branco 2018, o Colheita branco 2019 e o Colheita tinto 2018, estão a ser comercializadas pelo clube de Lisboa, com a indicação na garrafa de que foi produzido e engarrafado pela Adega Cooperativa de Alcobaça.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Nove bombeiros da região participaram na prova “Escadórios da Humanidade”

Nove bombeiros das corporações da região participaram na prova “Escadórios da Humanidade”, realizada  este dia 24, no Bom...

Alunos da Nazaré participam em ação internacional de limpeza costeira

Alunos do 1.º ciclo participaram nas ações de limpeza costeira que decorreram na Praia do Norte e na...

Futebol: Leandro Santos chega aos 200 jogos na Honra

O jogo entre Ginásio e Mirense, agendado para o próximo domingo (15 horas), no Municipal de Alcobaça, vai...

Triatlo: Raquel Rocha arrecada bronze no Europeu de Bilbau

Raquel Rocha (Clube de Natação e Triatlo de Lisboa) esteve em plano de evidência ao conquistar a medalha...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!