Domingo, Abril 14, 2024
Domingo, Abril 14, 2024

Quinta pedagógica do Instituto Educativo do Juncal serve de sala de aula ao ar livre

Data:

Partilhar artigo:

Bacon e Miss Piggy. São os nomes de dois porquinhos, de cerca de seis meses cada, os mais recentes “habitantes” da quinta pedagógica do Instituto Educativo do Juncal (IEJ). Os novos membros juntam-se aos 23 animais que já “vivem” naquele espaço do estabelecimento de ensino.

Os porquinhos fazem agora companhia aos patos, galinhas, galos, coelhos, pombas, perdizes e cabras anãs. O número de animais continua a aumentar e, num futuro próximo, será ainda maior, uma vez que “está para chegar” uma ovelha.

Todos estes animais dão cada vez mais forma a um projeto iniciado há cerca de seis anos e que faz as delícias dos alunos. Tudo começou com uma pequena horta, corria o ano de 2005, mas, com o passar do tempo, o projeto tem vindo a aumentar de forma gradual e, nos dias de hoje, a quinta pedagógica do IEJ é já uma referência entre todos os estabelecimentos de ensino do concelho de Porto de Mós e até do distrito de Leiria.

Região de Cister - Assine Já!

Em declarações ao REGIÃO DE CISTER, a diretora pedagógica do IEJ explica os objetivos pretendidos com este projeto que, sublinhe-se, tem um forte impacto no desenvolvimento das crianças. “A quinta pedagógica foi concebida para proporcionar experiências de aprendizagem, aquisição de competências e vivência de valores que o contacto direto com os animais e a natureza podem permitir. No fundo, a quinta é muitas vezes uma sala de aula ao ar livre. Trata-se de uma quinta gerida maioritariamente por alunos que, sob a coordenação dos professores Anabela Sousa e Sérgio Santos, alimentam os animais e cuidam do seu habitat”, salientou Tânia Galeão.

Num espaço de cerca de 500 metros quadrados, a quinta e a horta (que contém ervas aromáticas, alfaces e morangos) dão a possibilidade aos alunos de terem uma proximidade diária com os animais e a natureza, sendo que esse fator é também visto como um potenciador do desenvolvimento dos jovens estudantes.

O projeto permite “à pequenada” momentos de aprendizagem e de brincadeira, razões que justificam o reforço da aposta do IEJ no constante desenvolvimento do espaço. “Sentimos que a quinta e a horta são, sem sombra de dúvida, uma mais-valia para todos e, por essa razão, procedemos, de forma bastante regular, a intervenções de melhoria e ampliação do espaço”, assinala ainda Tânia Galeão.

A beleza da quinta pedagógica e os momentos que por lá podem ser passados é do agrado geral. E não só dos alunos, desde o pré-escolar ao 12.º ano e dos professores. Há até antigos alunos da escola que, sozinhos ou acompanhados por amigos e/ou familiares, fazem questão de fazer uma visita ao Instituto Educativo do Juncal para apreciarem um espaço cheio de vida e onde os animais são tratados como autênticos… “reis”.

Bem-vindos, pois então, Mister Bacon e Miss Piggy!

AD Footer

Artigos Relacionados

Três mulheres identificadas pela PSP de Alcobaça por furtos em hipermercados

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Alcobaça intercetou e identificou, na passada terça-feira, dia 9 de abril,...

Circulação alternada de trânsito na EN362, no concelho de Porto de Mós

A EN362, na Ribeira de Cima, concelho de Porto de Mós, está a ser alvo de uma intervenção...

E se fôssemos um País de Poetas?

este mesmo ano em que celebramos os 500 anos do nascimento do nosso poeta maior, Camões, pergunto-me como...

Jüra nomeada para os prémios Play

Jüra está entre os nomeados da 6.ª edição dos Play – Prémios da Música Portuguesa. A cantora e...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!