Sexta-feira, Dezembro 2, 2022
Sexta-feira, Dezembro 2, 2022

Alunos do concelho de Porto de Mós assistiram a discussão do Orçamento de Estado no Parlamento

Data:

Partilhar artigo:

Mais de duas dezenas de alunos do concelho de Porto de Mós foram, no passado dia 26, à Assembleia da República, onde tiveram a oportunidade de assistir em plenário ao início da discussão sobre o Orçamento do Estado para 2023.

Em concreto, 21 alunos e cinco professores do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós e do Instituto Educativo do Juncal visitaram o Parlamento, numa iniciativa integrada no âmbito do projeto do “Jovem Autarca de Porto de Mós 2021/2022”, dinamizado pelo município.

Este projeto, refira-se, iniciou-se no ano passado e voltou a repetir-se no corrente ano. Os jovens alunos foram brindados com uma visita guiada a todos os espaços da emblemática Assembleia da República, em Lisboa, sendo que, além disso, puderam também ter contacto direto com governantes e deputados, com especial destaque, claro está, para os momentos partilhados com Olga Silvestre, deputada do concelho de Porto de Mós.

Região de Cister - Assine já!

Em declarações ao REGIÃO DE CISTER, o presidente da Câmara de Porto de Mós dá conta da dimensão desta iniciativa, salientando a importância dos jovens começarem, desde cedo, a envolverem-se na vida política. “O objetivo do projeto passa por aproximar os mais jovens dos eleitos e sensibilizá-los para a importância da vida política, para que eles possam replicar esta aprendizagem junto da comunidade escolar”, sublinha Jorge Vala, que não esconde a magnitude desta demanda para o concelho, no seguimento da escolha feita pelos jovens autarcas. “Entendemos que é necessário dar nova vida às dinâmicas escolares no que concerne à vida política.

O investimento no projeto é de cerca de 7.500 euros e visa a valorização de paragens de autocarro do concelho, segundo a escolha da equipa de jovens autarcas do concelho de Porto de Mós”, acrescenta o chefe do executivo municipal.

Ainda de acordo com o autarca, e apesar de a Câmara estar sempre atenta às necessidades de toda a população, o futuro passa pelo desenvolvimento dos mais jovens e, nesse sentido, o município tem dado passos com vista à sua rápida integração nas questões prementes da sociedade.

“Quando chegámos não havia política de juventude e criámos o Conselho Municipal de Juventude. A partir daí, passámos a integrar os mais jovens na vida pública do concelho e acabou por surgir o projeto ‘Jovens Autarcas’. Desta forma, entendemos que Porto de Mós fica mais rico, uma vez que o futuro dos concelhos são os jovens. Preocupamo-nos com toda a população, mas as políticas de juventude são extremamente importantes e permitem fixar cada vez mais jovens estudantes no nosso concelho”, concluiu.

Recorde-se que, em fevereiro deste ano, Érica Silva, aluna do 9º ano no Instituto Educativo do Juncal, foi eleita “Jovem Autarca” do concelho de Porto de Mós, assumindo o cargo de presidente.

AD Footer

Artigos Relacionados

APFCAN reflorestou 200 hectares desde grande incêndio de 2017

A reflorestação da área florestal que se estende até ao mar nos concelhos de Alcobaça e Nazaré é...

Alunos da Escola D. Pedro I em projeto “Music and Sports” na Turquia

Ângelo Antanoa (9.ºC), Gonçalo Domingues (9.ºB), Simão Dias (9.ºC) e Simão Fernandes (9.ºA) foram os alunos da Escola...

Concerto de Toy levou um milhar de pessoas ao pavilhão dos Bombeiros da Benedita

O pavilhão dos Bombeiros da Benedita engalanou-se, na noite da passada sexta-feira, para receber o concerto de Toy....

HC Turquel aplica goleada e reafirma candidatura à subida de divisão

O HC Turquel goleou na receção ao HC Sintra (6-2), no passado sábado, e reafirmou a sua candidatura...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!