Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023

Chuva intensa originou queda de muro no primeiro dia do ano

Data:

Partilhar artigo:

As fortes chuvas que caíram no primeiro dia do ano, no passado domingo, causaram vários “estragos” na região, entre os quais a queda de parte de um muro em Alfeizerão.

Este conteúdo é apenas para assinantes

Por favor, assine ou entre na sua conta para desbloquear este conteúdo.

A ocorrência foi registada ao início da tarde, na Estrada Nacional 8-6, mais concretamente no Caminho do Vale do Moinho. Não houve feridos a registar, mas os danos causados pelo desabamento de terras obrigaram a trabalhos prolongados por parte das autoridades competentes. Ao local do incidente acorreram os Bombeiros de São Martinho do Porto, a GNR de São Martinho do Porto e ainda elementos das Infraestruturas de Portugal.

Em declarações ao REGIÃO DE CISTER, o comandante do Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria (CDOS) deu conta da gravidade da situação, mas, ainda assim, sublinhou a pronta intervenção das autoridades competentes que, dessa forma, evitaram que males maiores pudessem ter sido uma realidade. “Foi, de facto, uma situação que gerou alguma apreensão, devido ao desabamento de terras que originou a queda de parte do muro, mas, felizmente, os danos a registar foram apenas materiais. Não houve feridos a lamentar e, nestas situações, isso é sempre o mais importante”, assinalou Carlos Guerra.

Ainda de acordo com o responsável máximo do CDOS de Leiria, “a rápida e competente intervenção dos meios de socorro foram o garante da segurança de todos quantos poderiam passar naquela zona e eventualmente sofrer algum dano com o sucedido”.

Região de Cister - Assine já!

As autoridades presentes no teatro das operações necessitaram de bastante tempo para resolver o problema causado pela cedência do muro, razão que levou ao condicionamento da referida estrada por um período de cerca de cinco horas.

Perante as condições meteorológicas, a estrada que liga Fervença a Valado de Frades também esteve cortada durante largas horas no passado domingo por estar intransitável pela acumulação de água. Nessa situação, e também devido à forte queda de chuva, as autoridades entenderam que a atitude mais sensata era o corte total da via para evitar problemas aos automobilistas que ali poderiam circular.

A ocorrência aconteceu cerca das 13:30 horas, sendo que para o local foram destacados os Bombeiros de Alcobaça e da Nazaré, a GNR de Alcobaça e de Valado dos Frades, elementos das Infraestruturas de Portugal e dos Serviços Municipais de Proteção Civil de Alcobaça e da Nazaré.

Também os Bombeiros de Alcobaça tiveram muito trabalho entre domingo e segunda-feira, com várias ocorrências em Alcobaça, Cela, Bárrio, Maiorga e Vimeiro. Cerca de 30 operacionais controlaram as 15 ocorrências registadas.

AD Footer

Artigos Relacionados

Andar com o escritório numa mão

Fábio Filipe tinha duas opções: passar das funções de club manager para área manager de um clube de...

‘Dragão’ Stephen Eustáquio marca e conquista Taça da Liga de futebol

Stephen Eustáquio teve papel bastante importante ao apontar o primeiro golo na vitória que deu ao FC Porto...

Oonify abre espaço dedicado à formação na Nazaré

A Oonify abriu, recentemente, na Nazaré, um novo espaço de formação, a que chamou de "Oonify Space". O novo...

Sons Com(n)Sentidos ouvem-se agora nos cavaquinhos e percussão da Cercilei

Em cima do palco, os homens apresentam-se de suspensórios, as mulheres levam uma bandolete na cabeça. Todos vestem...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!