Sábado, Junho 3, 2023
Sábado, Junho 3, 2023

Programa “EUSOUDIGITAL” da Ufav arrancou… ligado à ficha

Data:

Partilhar artigo:

Arrancou na tarde do passado dia 1, nas instalações da União de Freguesias de Alcobaça e Vestiaria (UFAV), o programa de inclusão social denominado “EUSOUDIGITAL”.

Este conteúdo é apenas para assinantes

Por favor, assine ou entre na sua conta para desbloquear este conteúdo.

Trata-se de um projeto nacional, que a UFAV decidiu aproveitar e oferecer (literalmente, uma vez que a participação é gratuita) a todos os interessados em melhorar as suas capacitações digitais.
O REGIÃO DE CISTER marcou presença na primeira aula deste programa, na qual estiveram presentes seis dos 26 participantes já inscritos e, na ocasião, tivemos a oportunidade de falar com um casal que aceitou o desafio de… aprender.

“Vim à UFAV tratar de uns papéis e disseram-me que este projeto ia arrancar. Como eu e o meu marido somos muito fraquinhos a lidar com computadores, decidimos aproveitar. Já estamos velhos para irmos para a escola e estas iniciativas são muito importantes”, assinalou Cidalina Vieira, numa opinião partilhada e reforçada pelo marido. “Não é a primeira vez que vamos mexer num computador, mas tencionamos alargar o leque de conhecimentos. Temos duas filhas na Holanda e gostaríamos de aprender a enviar-lhes documentos, por exemplo”, acrescenta Fernando Vieira.

Além de Alcobaça, à terça e quarta-feira), também a Vestiaria (quinta-feira) vai acolher estas sessões, todas com início marcado para as 17 horas. A presidente da UFAV explicou os motivos da aposta neste projeto. “Já tivemos esta ideia há algum tempo, mas de uma forma diferente, que era termos meninos das escolas primárias que aprendem tecnologias de informação a ensinarem outras pessoas. Essa situação não se conseguiu concretizar e descobrimos o ‘EUSOUDIGIAL’, que é um programa nacional e que faz todo o sentido implementar”, assinalou Isabel Fonseca, salientando a aposta feita: “O investimento que a Junta teve foi ao nível do material informático, sendo que adquirimos cinco tablets por um valor a rondar os 1.200 euros”.

Região de Cister - Assine já!

A ideia desta iniciativa passa por ajudar todas as pessoas que sintam a necessidade de melhorar as competências informáticas. “Na nossa senda deste mandato, esta é mais uma iniciativa que visa combater o isolamento social e, dessa forma, aproveitamos para dotar os participantes de mais capacitações digitais”, concluiu a socialista.

E para que uns aprendam… outros têm que ensinar. É o caso de Tiago Tomás, um jovem de 18 anos, natural de Alcobaça, e aluno da Escola Secundária D. Inês de Castro, no curso de Gestão e Programação. “Vou realizar um projeto para a escola, denominado Projeto de Aptidão Profissional, e este voluntariado é a base desse mesmo trabalho. Julgo que vai correr tudo bem. O início até pode ser algo complicado para eles, mas com o passar do tempo será tudo muito mais fácil e, estou certo, todos vão poder ficar mais capacitados”, assumiu um dos três mentores de um projeto onde os 26 “alunos” já estão ligados à ficha.

 

 

 

 

 

 

AD Footer

Artigos Relacionados

Alimentar o cérebro

Muito gosto eu de falar de comida! Bom, de falar e de comer. Gosto sobretudo da variedade dos...

Futebol: Ginásio volta a pintar de azul e branco a Taça Distrital da Fundação Inatel

Novamente no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria. Novamente na decisão por penáltis. A história foi semelhante, foram...

Futebol de praia: Sótão “vinga” Supertaça e faz melhor primeira volta de sempre

Depois da pesada derrota diante do Sp. Braga (1-7) na Supertaça Nacional, o Sótão deu a melhor resposta...

Hóquei: Melhor época de sempre da Biblioteca ainda pode dar subida…

Pode ser absolutamente histórico. Com o empate na visita ao reduto do Alenquer (5-5), este sábado, a Biblioteca...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!