Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

Presidente da Câmara de Alcobaça ilibado no caso das PPP

Data:

Partilhar artigo:

O presidente da Câmara de Alcobaça foi absolvido de todos os crimes de que era acusado no processo relativo à parceria público-privada (PPP) para a construção de dois centros escolares e o pavilhão gimnodesportivo de Évora de Alcobaça. Também o ex-adjunto de José Gonçalves Sapinho, ex-presidente da Câmara, Eduardo Nogueira, ficou ilibado dos crimes de que tinha sido acusado.

A leitura da sentença aconteceu esta quinta-feira no Tribunal da Guarda, onde o caso começou a ser julgado em maio de 2022.

Hermínio Rodrigues, que era vereador e presidente do Conselho de Administração da empresa municipal Cister Equipamentos Educativos, SA, estava acusado dos crimes de prevaricação de titular de cargo político e de participação económica em negócio. O Ministério Público pedia ainda a condenação de perda de mandato.

Região de Cister - Assine Já!

Na base do processo estava uma investigação a quatro municípios: Gouveia, Trancoso, Sabugal e Alcobaça. No caso de Alcobaça incidia na empresa Cister – Equipamentos Educativos, SA, constituída em 2008, na vigência do presidente da Câmara, José Gonçalves Sapinho (falecido a 9 de setembro de 2011), no âmbito de uma PPP detida em 49% pela empresa municipal Terra de Paixão e em 51% por um consórcio liderado pela empresa de construção MRG Manuel Rodrigues Gouveia, SA, entretanto designadada MRG – Engineering & Solutions, SA, sediada em Coimbra.

No mesmo processo, o atual eurodeputado e ex-autarca de Gouveia e da Guarda, Álvaro Amaro, e o atual presidente do município de Gouveia, Luís Tadeu (à data vice-presidente), foram condenados por prevaricação de titular de cargo político a três meses e meio de prisão, com pena suspensa, condicionada ao pagamento de 25 mil euros, no prazo de um ano.

O tribunal também condenou Júlio Sarmento, ex-presidente da Câmara Municipal de Trancoso, a uma pena única de prisão efetiva de sete anos, pelos crimes de prevaricação de titular de cargo político, corrupção e branqueamento de capitais.

AD Footer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Passeio de motas do CPAJ reuniu mais de duas centenas de participantes

O 2.º passeio solidário de motas e motorizadas antigas, organizado pelo Centro Paroquial de Assistência do Juncal (CPAJ)...

Futsal: CCRD Burinhosa faz história e vai lutar pelo título nacional de sub-19

A equipa de sub-19 do CCRD Burinhosa venceu o Benfica, por 5-4, no jogo da 'negra' das meias-finais,...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!