Terça-feira, Maio 30, 2023
Terça-feira, Maio 30, 2023

Oito alunos da região eleitos para Parlamento dos Jovens

Data:

Partilhar artigo:

A chamada região de Cister esteve representada por oito alunos na sessão nacional do Parlamento dos Jovens, que se realizou nos passados dias 8 e 9, na Assembleia da República, em Lisboa.

Simone Blidari, Ísis Santos e Gabriel Santo, alunos da Escola Frei Estêvão Martins, em Alcobaça, foram os representantes do Agrupamento de Escolas de Cister. Manuel Bispo, Maria Miranda e Letícia Costa, alunos da Escola Básica de Porto de Mós, dinamizaram a presença do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós, ao passo que Kaixin Cheng e Miguel Madeira Faustino representaram o Agrupamento de Escolas de São Martinho do Porto.

Durante os dois dias desta sessão nacional do Parlamento dos Jovens, este ano subordinada ao tema “Saúde mental nos jovens: que desafios? que respostas?”, os estudantes de Alcobaça integraram um leque de 132 jovens deputados eleitos, num debate que foi da generalidade à especialidade.

Região de Cister - Assine já!

A cerimónia de abertura deste evento contou com as intervenções de João Costa, ministro da Educação, e de Alexandre Quintanilha, deputado e presidente da Comissão de Educação e Ciência.

Já no segundo dia, destaque para o facto de a abertura da sessão plenária ter sido feita, de forma solene, por Augusto Santos Silva, presidente da Assembleia da República.

O REGIÃO DE CISTER falou com os diretores dos três agrupamentos da chamada região que estiveram representados na sessão nacional do Parlamento dos Jovens, e todos demonstraram o seu orgulho.

“Foi a maior participação de sempre de alunos do AE Cister e isso deixa-nos muito orgulhosos. É mais uma prova de que não basta mais escola, é necessário melhor escola. É bastante gratificante ver que estes jovens se aproximam da política, através do debate e da veia crítica. Ao mesmo tempo, é uma oportunidade excecional para as suas aprendizagens”, assinalou Manuela Lourenço, diretora do Agrupamento de Escolas de Cister.

“É um motivo de orgulho para o nosso agrupamento termos três alunos na sessão nacional do Parlamentos dos Jovens. Tentar debater problemas nacionais e ajudar à obtenção de soluções é um ato de cidadania que muito valoriza estes estudantes. Estamos a falar de valores democráticos e de cidadania. Esperemos que outros alunos possam seguir este caminho”, declarou Pedro Vala, diretor do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós.

“Claro que sentimos um orgulho enorme por termos dois alunos nesta fase do projeto. É o reconhecimento de todo o trabalho que realizaram e, acima de tudo, significa que estão preocupados com a sociedade de amanhã, tentando dar os seus contributos para que possamos ter um futuro melhor no que à cidadania diz respeito”, sublinhou Luísa Sardo, diretora do Agrupamento de Escolas de São Martinho do Porto.

 

 

AD Footer

Artigos Relacionados

HC Turquel goleia Entroncamento e sela regresso à elite do hóquei em patins nacional

O HC Turquel goleou o Entroncamento (6-1), numa partida referente à 25.ª e penúltima jornada da Zona Sul...

Despiste rodoviário causa um ferido grave em Évora de Alcobaça

Um despiste rodoviário, ocorrido na tarde desta sexta-feira, na freguesia de Évora de Alcobaça, provocou ferimentos graves a...

HC Turquel: regresso à elite nacional à distância de 1 ponto

1 ponto (apenas 1!) na receção ao Entroncamento no próximo dia 27 de maio (21 horas) garante, de...

Physioclem investe em novas instalações em Alcobaça

Já estão abertas as portas da nova “casa” da Physioclem em Alcobaça, na mesma rua onde há mais...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!