Quarta-feira, Abril 24, 2024
Quarta-feira, Abril 24, 2024

Hóquei: Melhor época de sempre da Biblioteca ainda pode dar subida…

Data:

Partilhar artigo:

Pode ser absolutamente histórico. Com o empate na visita ao reduto do Alenquer (5-5), este sábado, a Biblioteca já igualou a melhor temporada de sempre do clube na 2.ª Divisão Nacional. E o melhor de tudo é que, a somar à possibilidade de estabelecer novo recorde, pode ainda acrescentar uma inédita presença no playoff de promoção à 1.ª Divisão Nacional.

Para isso, o conjunto de Fábio Barqueiro, que recebe o… HC Turquel (no próximo sábado, às 18 horas), terá de vencer e esperar que o Candelária, que visita o reduto do já despromovido Marítimo SC, não ganhe. Isto porque o Candelária soma 55 pontos, mais 2 do que os valadenses, e, em caso de igualdade pontual leva vantagem no confronto direto (goleou por 6-1 no primeiro encontro, sendo que o segundo embate acabou empatado a dois golos).

O cenário avizinha-se complicado, mas, e importa frisar, pode ainda sofrer algumas alterações: o Candelária venceu o Sporting B na ‘secretaria’, devido à falta de policiamento no recinto dos leões, no entanto, a decisão não é ainda definitiva, pelo que a formação dos Açores poderá ser obrigada a realizar (na quadra, entenda-se) o duelo com a formação verde e branca. A suceder-se, aumenta a esperança em Valado dos Frades, já que obriga o Candelária a redobrado esforço para garantir o acesso ao playoff de promoção ao principal escalão do hóquei nacional.

Região de Cister - Assine já!

Contudo, e para que isso aconteça, é fulcral que os valadenses triunfem perante o HC Turquel no dérbi da chamada região de Cister.

Independentemente do que acontecer no próximo sábado, no Pavilhão Amável dos Santos, a Biblioteca sabe já que ficará na história do clube por ter igualado os 53 pontos alcançados em 2020/2021 – sob o comando do técnico Geraldo Viola.

Além de ainda sonhar com uma inédita presença no playoff, a turma de Fábio Barqueiro quer garantir, pelo menos, o 3.º lugar, melhor prestação de sempre dos 88 anos de história da Biblioteca, superando a anterior melhor classificação (4.º).

Numa época em que se perseguem recordes, a Biblioteca pode ainda igualar o maior número de vitórias (17) numa única edição da 2.ª Divisão Nacional, registo que data também de 2020/2021.
Ao REGIÃO DE CISTER, Fábio Barqueiro descreve a temporada como “muito positiva”, mas sonha mais alto: “enquanto houver possibilidades matemáticas vamos deixar tudo dentro de campo para conseguirmos chegar mais longe”, atirou.

“Esta é a identidade que cresci a ver ser transmitida aos mais novos e é essa a identidade que pretendemos continuar a passar aos craques do futuro do nosso clube”, garantiu o técnico, deixando uma ressalva (e uma certeza): “vamos sonhar até ao último segundo”.

AD Footer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Cartoon 24-04-2024

A incrível vida (depois da morte) de D. Inês de Castro e a sua pomba Pimba

Hóquei: HC Turquel despromovido ao segundo escalão

O cenário para ainda garantir a permanência antecipava-se de extrema dificuldade, mas a verdade é que veio a...

O pintor que fez da cerâmica e da azulejaria uma “tela” da vida

Foi de pincel na mão que Luís Sacadura desenhou o trajeto de uma vida particularmente preenchida. Disputado pelas...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!