Sexta-feira, Abril 19, 2024
Sexta-feira, Abril 19, 2024

Associação Solidariedade Sublime abraça “Mil brinquedos, mil sorrisos”

Data:

Partilhar artigo:

A Associação Solidariedade Sublime, sediada no concelho de Alcobaça, assinou, no passado dia 5, um protocolo com a Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS), do Instituto Politécnico de Leiria, e irá, a partir de agora, integrar vários projetos nos quais contará, também, com a colaboração do Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID).

Uma das ações que será dinamizada está relacionada com a campanha “Mil brinquedos, mil sorrisos”, que o CRID tem em curso e onde é feita a recolha de brinquedos que depois serão adaptados pelo departamento de Engenharia Electrotécnica da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria.

É neste domínio que entra o desafio para a Associação Solidariedade Sublime, que estava encarregue de encontrar um(a) professor(a) da disciplina de Física e Química disponível para integrar o projeto de adaptação de brinquedos, motivando os alunos a participarem nesta iniciativa.

Região de Cister - Assine Já!

A professora Cidália Paula mostrou-se, desde logo, disponível e motivada para integrar o projeto e, nesse sentido, a adaptação dos brinquedos será feita por alunos do 9.º ano da EB 2/3 D. Pedro I, que pertence ao Agrupamento de Escolas de Cister, e onde os estudantes vão poder explorar a unidade curricular de corrente elétrica. Para isso, o CRID terá responsáveis no referido estabelecimento de ensino alcobacense para orientar a adaptação de brinquedos, tornando-os mais acessíveis.

Estes mesmos brinquedos, novos ou usados, foram recolhidos pela altura do Natal, período em foram também levadas a cabo sessões de esclarecimento junto da comunidade para a necessidade e importância da adaptação dos brinquedos.

Em declarações ao REGIÃO DE CISTER, a presidente da Associação Solidariedade Sublime explicou os principais eixos deste protocolo e da participação nesta campanha.

“Brincar é um dos direitos mais importantes das crianças, de tal forma que na Declaração Universal dos Direitos das Crianças é o VII direito, tão imprescindível como o direito à saúde, à segurança ou à educação. A brincar as crianças desenvolvem várias áreas, no domínio físico, sensorial, cognitivo, criativo e emocional”, salientou Helena Freitas, que aproveitou para recordar que “há crianças que não têm brinquedos com que possam brincar, porque os brinquedos que existem no mercado não são feitos para quem tem diferenças”.

A Associação Solidariedade Sublime continua a marcar a diferença junto da comunidade, trabalhando em rede.

AD Footer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Dez estabelecimentos da região distinguidos no Guia “Boa Cama Boa Mesa” 2024

Cinco alojamentos e cinco restaurantes foram reconhecidos no Guia “Boa Cama Boa Mesa” 2024, publicado na passada sexta-feira...

Cartoon 18-04-2024

A incrível vida (depois da morte) de D. Inês de Castro e a sua pomba Pimba

O que é a liberdade para si?

Vejo muita gente a viver “presa” no que acredita ser uma vida livre. Já se perguntou o que...

“Projeto Água do Oeste” apresentado em Alcobaça

“Projeto Água do Oeste”. É este o nome do workshop que terá a primeira sessão já na próxima...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!