Quarta-feira, Maio 29, 2024
Quarta-feira, Maio 29, 2024

Patriarcado de Lisboa reafirma inocência do padre Mário Rui Pedras

Data:

Partilhar artigo:

Mário Rui Leal Pedras, figura muito conhecida na freguesia da Benedita, paróquia onde exerceu as funções de pároco, tendo sido também professor de Religião e Moral no Externato Cooperativo da Benedita e ainda fundador do Agrupamento 710 do Corpo Nacional de Escutas da Benedita, voltou a ser declarado como inocente no caso relacionado com os abusos sexuais na Igreja.

O anúncio foi feito pelo Patriarcado de Lisboa, na passada segunda-feira, através de um comunicado, no qual pode ler-se que o pároco “deve ser tido por inocente de tudo quanto lhe foi imputado e considerado para todos os efeitos como não tendo praticado os factos em causa”.

Na mesma missiva consta ainda o lamento pelo facto de o padre Mário Rui “ter sido ferido na sua honra e reputação, dado que a conclusão a que se chegou foi de que se não logrou apurar nenhum indício de comportamentos dignos de censura por parte daquele Senhor Padre, nomeadamente os imputados”.

Região de Cister - Assine Já!

AD Footer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Primeira Página

Artigos Relacionados

Alcobaça tem quatro farmácias que apoiam famílias em situação de carência

Quatro farmácias do concelho de Alcobaça integram o Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, da Associação Dignitude, que...

Tradições ribeirinhas recriadas para dar mais vida à Cela Velha

A vida na Cela Velha não é propriamente um corrupio, mas, uma vez por ano, e há 36...

Praias de Água de Madeiros, Légua, Pedra do Ouro e Salgado mantêm selo Zero Poluição

A Zero – Associação Sistema Terrestre Sustentável divulgou, na passada semana, a lista de praias classificadas como Zero...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!