Alcobaça volta a exigir Hotel do Mosteiro

A gala do Publituris Portugal Travel Awards serviu de pretexto para o presidente da Câmara de Alcobaça voltar a reclamar ao Governo a abertura do concurso públicopara a concessão de um hotel de cinco estrelas no Claustro do Rachadouro do Mosteiro.

Em resposta a Adolfo Mesquita Nunes, secretário de Estado do Turismo, que defendeu uma "despolitização" da promoção do destino Portugal, atribuindo o mérito do crescimento deste mercado ao setor privado, Paulo Inácio argumentou que o equipamento servirá “uma região extraordinária, às portas de Fátima, Nazaré, Caldas da Rainha e que precisa, cada vez mais, de um turismo de qualidade”. O autarca acredita que, dentro de um ano, será possível assistir à abertura do concurso público. 

Também Nuno Gonçalves dos The Gift aproveitou o mini-concerto da banda alcobacense durante a gala para defender a instalação de uma unidade hoteleira no Mosteiro. O músico considerou que o monumento é “um espaço que deve ser vivido” e que Alcobaça terá “muito a ganhar” se receber um investimento como a de “um hotel” no Mosteiro. “Há muito tempo que penso assim e achei que era chegado o momento de o dizer”, salientou Nuno Gonçalves durante o showcase dos The Gift, um dos grandes momentos da noite.

 

0 Comentários