Jovens criam associação para “agitar” cidade e agenda cultural

Dinamizar a cidade de Alcobaça e promover o desenvolvimento autónomo dos jovens são alguns dos objetivos da Associação Juvenil de Apoio à Ação ou A4. O projeto une jovens estudantes, em diferentes fases da sua vida, com o objetivo de colocar Alcobaça num lugar de destaque.

“O projeto nasceu de uma forma muito natural. Costumo dizer que só cultivei a semente e foram estes jovens que fizeram o restante florir”, revela ao REGIÃO DE CISTER Nuno Duarte, professor na Escola Secundária D. Inês de Castro (Esdica), que assume o papel de “consultor” no projeto. ”O objetivo é contribuir para o desenvolvimento de novas ideias na comunidade, alavancando a dinâmica do concelho e promovendo o desenvolvimento autónomo dos jovens da nossa região”, acrescenta o docente. 

O grupo é composto por alunos da Esdica e por ex-alunos da escola do Agrupamento de Escolas de Cister que são agora estudantes do ensino superior e que frequentaram a disciplina de Aplicações Informáticas. “Mesmo após a partida destes alunos foi possível manter o contacto e é interessante ver que a sua passagem pelo ensino secundário não foi apenas uma passagem leviana”, refere o professor, revelando orgulho no entusiasmo e atitude pró-ativa destes jovens. 

O “elevado potencial de Alcobaça enquanto comunidade e enquanto região” são para a A4 matérias-primas para o desenvolvimento de atividades. De acordo com os elementos da associação, “Alcobaça tem potencial que não está a ser propriamente desenvolvido por falta de iniciativa” e a missão dos jovens membros é contrariar esta “inércia”. “O desenvolvimento pessoal dos jovens, aliado ao desenvolvimento da região são os alicerces desta missão que ainda está a dar os primeiros passos”, reitera Nuno Duarte. 

O ano de 2020 promete ser decorrer “a todo o vapor” para a A4. Uma nova e maior edição da iniciativa “TEDxAlcobaça” e uma maratona de ideias a nível regional, baseada na sustentabilidade ambiental, são alguns dos projetos em desenvolvimento para o próximo ano. “Com estas iniciativas ambicionamos promover um debate cultural e social e envolver toda a comunidade, daí terem sido abertas candidaturas civis para a equipa TEDx“, explica. “Alcobaça tem muito potencial e inserida na região Oeste, que está sempre em movimento, é necessário fazer mais se não quer ser deixada para trás”, conclui o professor que semeou a A4.