Obra no cemitério de Pinhal Fanheiro concluída até final do ano

A obra de ampliação do cemitério de Pinhal Fanheiro, no Bárrio, deverá estar concluída até final deste ano.

A previsão é da presidente de Junta e tem por base o “bom ritmo” do desenvolvimento da empreitada. “A obra está praticamente concluída. As casas de banho públicas, assim como o alargamento do espaço útil do cemitério, a zona de estacionamento e um novo passeio já estão concluídos”, avançou Filipa Gomes ao REGIÃO DE CISTER.

Falta, assim, construir novos muros envolventes do espaço, uma vez os anteriores foram demolidos. “A empresa verificou alguma fragilidade nas estruturas e, por segurança, decidimos avançar com a construção de raiz dos muros”, acrescenta a autarca.

Se os trabalhos não enfrentarem nenhum percalço, o projeto de ampliação do cemitério deve estar concluído até ao final deste ano. “Tudo está a decorrer a bom ritmo, o que faz crer que até ao fim de 2021 a obra vai estar concluída”, antecipa Filipa Gomes.

Recorde-se que a empreitada de alargamento do cemitério do Pinhal Fanheiro arrancou no passado mês de abril. Para a etapa inicial do projeto, a Junta do Bárrio solicitou uma verba à Câmara de Alcobaça no valor de 75.877 euros.

De acordo com a presidente de Junta, a freguesia do Bárrio estava perante uma situação de carência no que refere a covais no cemitério, que não sofreu qualquer alteração desde a sua construção. Com a intensificação da venda de covais na última década a carência acentuou-se.