Psicólogas do Externato criam livro digital de apoio ao estudo

A dificuldade da maioria dos alunos em encontrar métodos de estudo eficazes justifica a ideia das psicólogas do Externato Cooperativo da Benedita em criar um livro digital de “Metodologias de Estudo”. 

“O e-book com dicas de estudo para o sucesso” é o mote do livro, que visa educar os estudantes a adotar estratégias de estudo de forma independente e fácil. “É um hábito regular desenvolver metodologias de estudo com os alunos e o desafio deste livro é exatamente demonstrar que as estratégias de estudo podem ser diferentes de jovem para jovem”, declara Margarida Ferreira, psicóloga no Externato há dez anos.

O e-book oferece estratégias de estudo aos alunos, desmistificando mitos habituais como a obrigatoriedade de estudar todos os dias ou a existência de apenas uma forma correta de adquirir conhecimento. Através de uma linguagem simples e convidativa, não faltam sugestões de estratégias para interiorizar informação e links interativos para vídeos educativos no Youtube ou sites com informações complementares sobre cada matéria. No fundo, o livro ajuda os alunos a estudar “sem dramas”. 

De acordo com a psicóloga são vários os alunos que diariamente visitam o gabinete de psicologia da escola em busca de apoio para organizar o estudo e obter melhores resultados a nível académico. “Esta é uma lacuna do sistema educativo, pois existem alunos no 10.ºano que não sabem onde procurar informação e que continuam a utilizar métodos de estudo que usavam no ensino básico”, declara Margarida Ferreira ao REGIÃO DE CISTER.

Segundo Ana Grazina, a outra psicóloga do ECB e a grande responsável pela interatividade e maquetização do livro, “este não é um projeto inovador no seu todo, mas difere dos restantes devido à linguagem simples e acessível que torna mais eficiente a comunicação” com o jovem leitor. 

A psicóloga sublinha ainda que a disponibilização do livro de forma gratuita e indiscriminada através da página oficial do Externato Cooperativo da Benedita apoia também na “educação” dos pais e encarregados de educação, que demonstram dificuldade em acompanhar a evolução académica dos filhos. “Os pais podem fazer o download e estudar ao lado dos filhos, tornando possível uma permuta de conhecimento”, desafia a psicóloga, que trabalha no ECB há cerca de um ano. O projeto é descrito pelas autoras como “experimental” e tem cativado a atenção de vários estudantes e pais que ambicionam pôr em prática alguns dos “ensinamentos” do e-book. Embora o livro esteja disponível à comunidade escolar nacional, as psicólogas afirmam que esta é uma iniciativa que deveria ser desenvolvida por cada instituição de ensino, pois é “sem dúvida uma mais valia para todos”. 

Para o futuro, Margarida Ferreira e Ana Grazina estudam a possibilidade de criar duas novas versões do e-book, uma para o ensino básico e outra dedicada aos alunos do ensino secundário. Há ainda a ambição de criar uma obra para a gestão emocional, fator que as psicólogas consideram preponderante para o sucesso escolar. Haja vontade e organização.