Re/max Mosteiro comercializa lotes da Nova Alcobaça

A Re/max Mosteiro, de Alcobaça, já tem para venda três lotes de terrenos para construção na urbanização Nova Alcobaça. A agência imobiliária foi a escolhida pelo Millenium BCP, que assumiu desde 2016 a Nova Alcobaça - Promoção Imobiliária, para comercializar os três primeiros lotes destinados à habitação, comércio e/ou serviços.

Os lotes estão licenciados e com projeto aprovado pela Câmara. O lote 6 destina-se exclusivamente a serviços, numa área de 1.846 metros quadrados. Já o lote 8, direcionado para habitação, comércio e/ou serviços, tem uma área de 3.808 metros quadrados, que incluem 40 fogos habitacionais e nove para comércio. Relativamente ao lote 38, o maior dos três, que ocupa uma área de 5.490 metros quadrados, estão projetados cinco blocos, agregando 77 fogos habitacionais, da tipologia T1 à T4 e estacionamento para 211 lugares.

“Será um negócio muito interessante porque neste momento não há construção nova na cidade de Alcobaça”, argumenta Ernesto Nogueira, gerente da Re/Max Mosteiro. “É importante construir na cidade e os construtores olharem para esta oportunidade”, acrescenta o mediador, que gere o negócio com Margarida Lopes. Ambos acreditam que a Nova Alcobaça será futuramente uma das zonas
com mais atividade e que vai gerar mais movimento na cidade nos próximos anos.

Com 14 colaboradores, a Re/Max Mosteiro tem visto o seu volume de negócios crescer de forma gradual nos últimos anos. Do Grupo Origem, que integra as agências imobiliárias de Alcobaça, Caldas da Rainha e Porto de Mós, destaca-se o crescimento no número de agências os últimos dois anos: em 2017 adquiriram a loja em Caldas da Rainha e em setembro do ano passado a de Porto de Mós. A Re/Max Rainha é ainda a responsável pela comercialização dos 73 apartamentos do condomínio privado Caldas Terrace, em Caldas da Rainha, na mesma linha de eleição para mediação de grupos económicos.

Além destes três lotes que já estão no mercado através da mediação da Re/Max Mosteiro, sabe-se que o lote 1 da Nova Alcobaça, entre o supermercado Pingo Doce e as estufas da Epadrc, junto à VCI, já estará vendido a um grupo económico que tem intenções de ali construir um retail park, composto por dois restaurantes de fast food, um outlet e um posto de abastecimento de combustíveis.